Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quarta, 14 de novembro de 2018
KAGIVA
Busca
MS

Cursos de longa duração passam a fazer parte da metodologia do Senar/MS

30 Nov 2011 - 15h30Por Fonte: Portal MS

Cursos de longa duração passam a fazer parte da metodologia do Senar/MS a partir de 2012Crédito:  Nesta semana, o Serviço Nacional de Aprendizado Rural de Mato Grosso do Sul – Senar/MS, esteve em Brasília participando de um encontro com todos os Superintendentes Regionais da entidade para tratar dos programas que serão desenvolvidos em 2012. Destaque para o Programa de Formação de Empreendedores – FEM, FATECNA - Faculdade  CNA  e a parceria com o Ministério da Educação para levar o Pronatec, Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, para o campo.

Com objetivo de ser uma instituição de referência em educação profissional à comunidade rural, para 2012, o Senar/MS readequará sua metodologia de ensino, como já ocorre com os demais integrantes do Sistema S. O foco serão os cursos profissionalizantes de longa duração e implantação de mais capacitações à distância.

A novidade foi divulgada pelo superintendente do Senar/MS, Clodoaldo Martins Junior, que esteve presente na ocasião. “Já começamos a mudar o rumo da metodologia de trabalho. Antes, o foco eram os vários cursos com pouca carga horária. Agora entraremos em outro patamar, com capacitações de longa duração. O próximo ano experimentará uma nova realidade”, comemora.

Ele reforça que em 2011, aproximadamente 100 mil pessoas em todo Brasil receberam capacitação através dos cursos à distância, e a meta é aumentar este número em 2012.

Outra boa notícia é o Pronatec, que visa ampliar a oferta de vagas na Educação Profissional Brasileira. O programa busca expandir a rede federal e estadual de Educação Profissional e Tecnológica, e os cursos técnicos serão de formação inicial e continuada e terão carga horária mínima de 160 horas.

Além disso, O FEM é outro projeto que será implementado a partir do ano que vem. Com início na Bahia, será expandido nacionalmente e vai capacitar produtores rurais das cadeias produtivas: Bovinocultura de Leite, Ovinocaprinocultura, Silvicultura e Piscicultura.

De maneira prática, a formação tem como foco o lema “aprender a fazer fazendo”. As cadeias produtivas de Bovinocultura e Ovinocaprinocultura terão três módulos, correspondentes a três anos. Já Silvicultura e Piscicultura possuirão dois módulos.

Mas de acordo com Clodoaldo Martins, o carro chefe da instituição será a Faculdade de Tecnologia do Senar, que por enquanto, é chamada de FATECNA, e aguarda aprovação do Ministério da Educação. Ele diz que as atividades estão previstas para agosto de 2012, e que o primeiro curso será de Gestão Agropecuária, com três anos de duração - sendo  a primeira turma presencial em Brasília, e o restante à distância. Para mais informações, acesse: www.senarms.org.br.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - TRABALHO LEGISLATIVO
Confira o trabalho do seu vereador durante sessão ordinária da Câmara de Bonito (MS)
BONITO - MS - DURANTE SESSÃO
Na Tribuna, Vereador pede novos cursos para a UFMS de Bonito (MS)
FATALIDADE - QUE DÓ!!!
Cavalo morre eletrocutado ao passar por rua em obras
CAMPO GRANDE - CASO DE POLÍCIA
Consideradas desaparecidas, adolescentes são encontradas trancadas em quarto em bairro na Capital
MEIO AMBIENTE
Segue para 2° votação projeto que proíbe pesca do dourado em MS
ESPORTES
Natação de MS garante ouro e mais três medalhas no primeiro dia dos JEJ
CIDADES
Em encontro de governadores com Bolsonaro, Reinaldo Azambuja defende fronteira e reajuste da tabela
EDUCAÇÃO
Inscrição do concurso para administrativos da Educação encerra na sexta-feira
BONITO - MS
Bonito e outros 50 municípios de Mato Grosso do Sul estão sob alerta de tempestade
BONITO - MS
Encontro nacional de adoção começa nesta quinta em Bonito