AGÊNCIA_SUCURI_MEGA_BI
Bonito Informa - Notícias de Bonito e região
Bonito, 23 de Outubro de 2017
CLINICA_RITH
DELPHOS_FULL
16 de Maio de 2011 08h30

Cruzeiro dá o troco no Atlético, vence por 2 a 0 e conquista título mineiro de 2011

Uol
UolUol

Com um gol de Wallyson e Gilberto aos 30min e 42min do segundo tempo, respectivamente, o Cruzeiro venceu o Atlético-MG, por 2 a 0, neste domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, e conquistou o 37º título do Campeonato Mineiro. O time celeste, que vinha de duas derrotas e uma eliminação surpreendente na Copa Libertadores diante do Once Caldas, mostrou poder de reação, voltou a jogar bem e quebrou invencibilidade de sete jogos do arquirrival.

Ao contrário do time apático do primeiro clássico, em que foi derrotado por 2 a 1 pelo Atlético, o Cruzeiro foi superior ao rival neste domingo, pressionou desde o início da partida e venceu com dois gols na reta final da partida. A torcida, celeste, única presente no estádio, pôde comemorar o título com o time. Já o time atleticano não repetiu a atuação da primeira partida, quando contou com a torcida, e, acuado a maior parte do jogo, não suportou apressão e acabou derrotado.

Com a conquista de seu primeiro título no Cruzeiro, o técnico Cuca, cogitado para assumir o São Paulo, na vaga de Paulo César Carpegiani, ficou mais aliviado, uma vez que vinha pressionado depois da queda na Libertadores e da derrota no primeiro jogo da final. Já o atleticano Dorival Júnior, que está teve seu nome na lista do tricolor paulista, não conseguiu levantar sua primeira taça pelo clube alvinegro e viu sua equipe interromper sequência de sete jogos sem perder (seis vitórias e um empate). O bom momento comprovou que a eliminação precoce na Copa do Brasil havia sido superada.

Dono da melhor campanha na primeira fase, o Cruzeiro obteve a vantagem de jogar por dois resultados iguais (dois empates ou vitória e derrota pelo mesmo saldo de gols). Por ter vencido o primeiro jogo da final, o Atlético, segundo colocado na etapa classificatória, conquistou o direito de jogar pelo empate no clássico decisivo deste domingo, mas não soube aproveitar a vantagem.

O Cruzeiro perdeu um de seus principais jogadores para o jogo decisivo. O meia Montillo, expulso no final da primeira partida, cumpriu suspensão. Porém, o treinador contou com o retorno de Thiago Ribeiro, que ficou quatro jogos fora do time por contusão, e de Roger, barrado no primeiro duelo da final, que ganhou nova chance.

Já o Atlético entrou em campo com o time que vinha atuando, uma vez que o meia Renan Oliveira, que cumpriu suspensão no primeiro clássico, retornou. A equipe alvinegra passou a contar também o volante Richarlyson, que foi julgado pelo Tribunal de Justiça Desportiva e levou um jogo de suspensão. Como já havia cumprido, pôde jogar.

Com a bola rolando, a experiência do time celeste, principalmente com Gilberto, Roger, Fábio e Thiago Ribeiro, superou a juventude atleticana, que contou com atletas oriundos da base, entres eles Giovanni Augusto, Fillipe Soutto, Bernard e Leleu. O experiente Daniel Carvalho foi barrado por Dorival e sequer ficou no banco.

Com o fim do Mineiro, os rivais se concentram agora no Brasileirão, que começa no próximo final de semana. O Atlético estreia contra o xará Atlético-PR, no próximo sábado, às 18h30, na Arena do Jacaré. Já o Cruzeiro inicia a competição diante do Figueirense, domingo, às 16h, em Florianópolis.

O jogo

No primeiro tempo, enquanto o Cruzeiro teve maior posse de bola e foi mais presente no ataque, o Atlético se limitou a atacar e encontrou dificuldade para sair nos contra-ataques. Apesar desse cenário, as duas equipes criaram poucas chances de gol e os goleiros Renan Ribeiro e Fábio trabalharam pouco.

Assim que a bola rolou, o Cruzeiro partiu para cima do rival com muito vontade e exerceu forte pressão. Aos 11min, Roger fez boa jogada individual, mas foi travado na hora do chute. O próprio meia quase abriu o placar, aos 22min, depois de cruzamento da direita de Thiago Ribeiro, mas pegou fraco na bola.

O time celeste teve boa chance aos 31min, em uma saída errada de bola de Renan Ribeiro. Porém, Wallyson não soube aproveitá-la e a bola acabou voltando para o goleiro atleticano, que desta vez ligou o contra-ataque. Magno Alves recebeu na frente, entrou na área, mas acabou travado na hora de chutar.

Ao final do primeiro tempo, jogadores do Atlético reclamaram do árbitro Wilson Seneme. “Ele inverteu algumas faltas. A gente chega para falar e ele manda sair. O Gilberto chega e ele dá moral”, afirmou Mancini.

O Atlético voltou para o segundo tempo com duas mudanças. Saíram Mancini, que durante a semana reclamou de dores musculares e não treinou, e Renan Oliveira e entraram Richarlyson e o jovem meia Leleu. O Cruzeiro retornou com a mesma formação do início da partida.

O Cruzeiro voltou com a mesma vontade do primeiro tempo e passou a sufocar o Atlético. Aos 6min, depois de cobrança de escanteio da direita, Gil desviou de cabeça e a bola passou rente à trave direita, com muito perigo.

O time celeste continuou em cima do rival e chegou perto de abriu o placar aos 11min. Depois de uma boa trama no ataque, Roger recebe livre na área, mas bateu mal e a bola saiu à direita do gol de Renan Ribeiro.

Acuado em seu campo, o Atlético sofreu uma baixa aos 12min. O lateral-esquerdo Guilherme Santos reclamou de um problema físico e precisou ser substituído. Dorival optou por colocar o jovem meia Bernard e deslocou Richarlyson para a ala esquerda.

Sob forte pressão, o Atlético ensaiou uma reação a partir da segunda metade da etapa final conseguiu respirar e chegar mais à frente. Antes, ao 21min, Magno Alves, isolado na frente, chutou de fora da área e Fábio defendeu.

O jogo ficou aberto na Arena do Jacaré. Aos 25min, André Dias, que entrara no lugar de Everton, recebeu de Thiago Ribeiro e bateu cruzado, mas Renan Ribeiro se jogou em sua frente para fazer a defesa. O Atlético respondeu com Magno Alves, que entrou livre na área mas foi desarmado pelo goleiro Fábio na hora do drible.

Quando o Atlético se soltava na partida, o Cruzeiro abriu o placar, aos 30min. Wallyson recebeu na entrada da área, pa

Comentários
Veja Também
ANUNCIE AQUI
Últimas Notícias
  
DROGÃO_BONITO_300_100
dothshop
dothCom © Copyright BonitoInforma - Todos os Direitos Reservados.