Menu
ITALÍNEA DOURADOS
segunda, 17 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca
UNIPAR_PC

Cresce a preocupação das famílias com a economia brasileira

10 Mar 2011 - 14h29Por Boni Miranda / Agência Brasil

O anúncio do corte dos gastos públicos e o aumento da taxa básica de juros (Selic) podem ter sido responsáveis pela queda do Índice de Expectativas das Famílias (IEF) de fevereiro, divulgado hoje (10) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). A avaliação é do presidente do instituto, Marcio Pochmann.

O índice reflete a avaliação dos brasileiros em relação à situação socioeconômica do país. O indicador fechou fevereiro com 65,3 pontos (em uma escala de 0 a 100), um pouco abaixo do verificado em janeiro (67,2 pontos), o mais alto da série, iniciada em agosto de 2010.

Segundo a pesquisa, o brasileiro ainda está otimista, mas demonstra preocupação com as medidas de austeridade fiscal anunciadas por governos estaduais e pelo governo federal. Entre essas medidas estão o corte de despesas e a suspensão de concursos públicos e contratação de funcionários.

Deixe seu Comentário

Leia Também

13º CHEGANDO
Governo de MS confirma pagamento do 13º salário nesta terça-feira
BONITO - MS - TENTATIVA DE SUICÍDIO
Jovem sobe em torre de telefonia para tentar suicídio, PM resgata antes em Bonito (MS)
CIDADES
Motorista com destino a SP perde controle da direção e tomba carreta carregada de celulose na BR-158
CIDADES
Na saída de boate, mulher aponta arma na cabeça de vítima e foge após roubar pertences em MS
MEIO AMBIENTE
Fique atento! Certas árvores podem oferecer riscos para pessoas e animais
OPORTUNIDADES
MS tem 5 concursos abertos e salários de até R$ 9,4 mil nesta semana
GERAL
Defesa deve pedir hoje prisão domiciliar para João de Deus
ECONOMIA
Receita paga hoje as restituições do último lote do IRPF 2018
TEMPO E TEMPERATURA
Segunda-feira de céu parcialmente nublado e temperaturas de até 39º
"SÓ TENHO ELE" - DIZ CATADOR
MS: Catador que criou Batfusca com restos de lixo põe carro à venda por não conseguir manter família