Menu
KAGIVA
tera, 19 de junho de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Cresce a preocupação das famílias com a economia brasileira

10 Mar 2011 - 14h29Por Boni Miranda / Agência Brasil

O anúncio do corte dos gastos públicos e o aumento da taxa básica de juros (Selic) podem ter sido responsáveis pela queda do Índice de Expectativas das Famílias (IEF) de fevereiro, divulgado hoje (10) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). A avaliação é do presidente do instituto, Marcio Pochmann.

O índice reflete a avaliação dos brasileiros em relação à situação socioeconômica do país. O indicador fechou fevereiro com 65,3 pontos (em uma escala de 0 a 100), um pouco abaixo do verificado em janeiro (67,2 pontos), o mais alto da série, iniciada em agosto de 2010.

Segundo a pesquisa, o brasileiro ainda está otimista, mas demonstra preocupação com as medidas de austeridade fiscal anunciadas por governos estaduais e pelo governo federal. Entre essas medidas estão o corte de despesas e a suspensão de concursos públicos e contratação de funcionários.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS
Campanha de trânsito alcançou mais da metade da população
TURISMO
União estuda entregar parque em Bodoquena para gestão privada
MATO GROSSO DO SUL
Há quase 30 anos sem notificação, poliomielite surge na Venezuela e países vizinhos estão em alerta
MEIO AMBIENTE
Facebook vira feira ilegal de animais silvestres e ignora alerta do Ibama
INOCÊNCIA
Ônibus escolar tem pane mecânica sobre trilhos e é atingido em cheio por trem
BONITO - MS - SAÚDE
Prefeitura Municipal licita van para a Secretaria de Saúde em Bonito (MS)
BONITO - MS - OBRAS
Secretaria realiza obras de drenagem na estrada do Quati em Bonito
EMPREGOS
Marinha abre concurso no quadro de praças com salários de até R$ 5,3 mil
OPORTUNIDADES
Começam hoje inscrições de concurso da Polícia Federal com 500 vagas
TECNOLOGIA NO CAMPO
Produtores terão acesso online a pesquisas no setor agrícola de MS