Menu
mutantes
sbado, 23 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Cresce a preocupação das famílias com a economia brasileira

10 Mar 2011 - 14h29Por Boni Miranda / Agência Brasil

O anúncio do corte dos gastos públicos e o aumento da taxa básica de juros (Selic) podem ter sido responsáveis pela queda do Índice de Expectativas das Famílias (IEF) de fevereiro, divulgado hoje (10) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). A avaliação é do presidente do instituto, Marcio Pochmann.

O índice reflete a avaliação dos brasileiros em relação à situação socioeconômica do país. O indicador fechou fevereiro com 65,3 pontos (em uma escala de 0 a 100), um pouco abaixo do verificado em janeiro (67,2 pontos), o mais alto da série, iniciada em agosto de 2010.

Segundo a pesquisa, o brasileiro ainda está otimista, mas demonstra preocupação com as medidas de austeridade fiscal anunciadas por governos estaduais e pelo governo federal. Entre essas medidas estão o corte de despesas e a suspensão de concursos públicos e contratação de funcionários.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Morador em MS morre após pneu de caminhão que o mesmo estava calibrando estourar
BONITO - MS - AÇÃO POLICIAL
Polícia Militar de BONITO prende traficante com mais de 10kg de maconha
POLÍCIA
Três vão presos e caminhonete lotada de maconha é apreendida na MS-060
GERAL
Transição torna aposentadoria pelo teto do INSS quase inacessível
BONITO - MS - FURTO DE MUDAS DA CICLOVIA
Prefeitura pede colaboração da população para evitar o furto de mudas na ciclovia em Bonito (MS)
POLÍCIA
Indígena é assassinada pelo ex-marido em MS
MUDANÇA
Cota zero começa a valer em 2020 nos rios de Mato Grosso do Sul
CIDADES
Carregado com bovinos, caminhão tomba e animais ficam soltos em via
PRODUTIVIDADE
Maior exportador de tilápia do País, MS eleva produção
EMPREGOS E CONCURSOS
Secretária de Educação aprova e reconhece novos cursos técnicos em 10 cidades de MS