Menu
mutantes
domingo, 17 de fevereiro de 2019
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
Busca
UNIPAR_PC

Coordenador da Funai é liberado após negociação com índios

11 Mai 2011 - 07h12Por Midiamax

Edson Fagundes, coordenador regional da Funai/MS (Fundação Nacional do Índio), e Ricardo Araújo, chefe de Meio Ambiente da Fundação, foram liberados no início da noite de ontem da Aldeia Buriti, em Sidrolândia, após permanecerem como reféns dos indígenas desde ontem. A negociação foi conduzida por agentes da Polícia Federal, que seguiram no final desta tarde em comboio para a cidade.

Segundo a assessoria de comunicação da PF, correu tudo bem durante a negociação e Ricardo e Edson chegaram há cerca de 20 minutos na Superintendência da polícia.

De acordo com a Funai, o coordenador foi para a aldeia nesta segunda-feira. Hoje, o órgão teve um contato com ele por telefone pela manhã, porém não recebeu mais informações sobre como ele estaria. Segundo informações da Funai, Edson foi até a aldeia para tratar de nomeações no órgão que não teriam agrados os índios terena, da aldeia Buriti.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SURTO DE DENGUE NO MS
Primeira morte por dengue é confirmada em cidade do MS
VOLTA ÀS AULAS NO MS
230 mil estudantes da Rede Estadual de Ensino retornam às aulas nesta segunda-feira
VOCÊ É DE ACORDO?
Vereador veterinário Francisco quer microchipar cães e gatos em Campo Grande
BONITO - MS - OS CAMPEÕES
Bonito (MS): Sob forte calor, Mountain Bike e Duathlon fecham o Bonito Cross, Confira os ganhadores
CARNAVAL NO RIO DE JANEIRO
Descalça, sob chuva e com beijo, Ellen Rocche ensaia em SP, VEJA FOTOS
MINIBOLT - VEJA VÍDEO
MiniBolt, menino de 7 anos está chocando o mundo com sua velocidade espantosa, VÍDEO
DOURADOS - COLISÃO MATOU OS DOIS
Em Dourados, VÍDEO mostra colisão frontal entre motos que matou dois, assista
BONITO - MS - NOVO HORÁRIO
Com o fim do horário de verão Balneário tem novo horário de funcionamento em Bonito (MS)
BONITO - MS - REIVINDICAÇÃO
Meio Ambiente pede mais 10 policiais e 3 viaturas para PMA em Bonito (MS)
MARACAJU - SEGURANÇA
Em Maracaju, Operação Petra cumpre 18 mandados de busca e apreensão e prende três pessoas