AGÊNCIA_SUCURI_MEGA_BI
Bonito Informa - Notícias de Bonito e região
Bonito, 19 de Novembro de 2017
DELPHOS_FULL
9 de Novembro de 2017 17h18

Coordenador da Defesa Civil fala sobre ações e atendimentos dos alagamentos e inundações em Bonito

Coordenador da Defesa Civil fala sobre ações e atendimentos dos alagamentos e inundações em Bonito

BONITO INFORMA COM INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA DE IMPRENSA
Coordenador da Defesa Civil fala sobre ações e atendimentos dos alagamentos e inundações em BonitoCoordenador da Defesa Civil fala sobre ações e atendimentos dos alagamentos e inundações em Bonito

Em decorrência das fortes chuvas que caíram sobre Bonito e região nesta quinta-feira - dia 9 de novembro – o Comitê Municipal de Defesa Civil de Bonito, formado por voluntários de diversos setores, incluindo membros da Guarda Municipal, foi acionado para atender diversos alagamentos e inundações em residências - tanto na área urbana quanto no distrito Águas do Miranda.

O comitê é coordenado pelo secretário municipal de Meio Ambiente, Alexandre Ferro, que concedeu entrevista à assessoria de Comunicação da prefeitura sobre as providências tomadas. Confira:

O temporal desta quarta-feira (8) alagou diversas ruas e casas na área urbana e em Águas do Miranda, quais as providências tomadas pela defesa civil de Bonito em relação aos fatos?

Alexandre Ferro - A defesa civil, com seu corpo de voluntários, atuou efetivamente no resgate e no atendimento da população em diversos pontos da cidade. Na Vila Mimito com mais de 5 voluntários, sob comando do coordenador substituto do Comitê Municipal de Defesa Civil, secretário de Obras Ygor Lopes; na região da Pousada Jubaia, sob a minha coordenação. Os voluntários, recentemente capacitados, foram acionados e vários deles se deslocaram ao local (muitos estavam de folga, principalmente guardas municipais) com seus veículos particulares. Diversas residências atingidas e sistemas de drenagem foram vistoriados e captamos imagens e vídeos, inclusive na Vila América, para providências futuras através dos mecanismos da Defesa Civil.

O Comitê Municipal de Defesa Civil pretende apresentar – juntamente (ou não) com a secretaria de obras, um relatório à prefeitura apontando os pontos propícios a alagamentos para a tomada de providências que possam evitar que os problemas se repitam nas próximas chuvas, ou para minimizá-los?

Alexandre Ferro - Existe um plano de contingenciamento que necessita ser construído pela Defesa Civil local, que após o treinamento realizado no mês passado tem sido amplamente trabalhado, e a equipe se prepara para essa etapa. Nesse documento constarão todos os pontos críticos existentes no município, incluindo as áreas urbanas e rurais, bem como um levantamento de todas as potencialidades e dificuldades para atendimento emergencial e principalmente preventivo.

Além de um trabalho conjunto – aparentemente necessário - com a secretaria de obras – as soluções exigiriam também ações da assistência social para o atendimento das pessoas prejudicadas pelas enchentes?

Alexandre Ferro - A assistência social é um dos entes mais importantes em trabalhos de defesa civil, por se tratar de profissionais capacitados para esse fim. Foram no mesmo dia nas regiões afetadas e hoje já estão entregando recursos para as famílias que necessitam.

Que outras considerações o secretário tem a fazer sobre o assunto?

Alexandre Ferro - A sociedade precisa saber primeiramente que as redes sociais não são o meio de comunicação oficial da Defesa Civil nem da Prefeitura. Muitas pessoas preferem apenas criticar todas as iniciativas que sem ao menos conhecê-las, e muito menos colaborar. Para esse movimento contrário às boas iniciativas e práticas de auxílio ao próximo não cabe outra ação a não ser deixar que façam aquilo que melhor sabem: reclamar.

Enquanto uns se preocupavam em polemizar, nós da Defesa Civil estávamos tomando chuva - juntamente com os moradores afetados - mobilizando todos os esforços e recursos possíveis para ajudar e diminuir os prejuízos e sofrimentos das pessoas afetadas. Esse é o nosso papel.

Existe também um sistema informatizado da Defesa Civil que é nacional, onde ficam registrados todos os eventos, naturais ou não, que causaram danos e transtornos dentro do município. Sem considerar as enxurradas de ontem, desde 30 de maio quando foi instalado o Comitê Municipal de Proteção e Defesa Civil - COMPDEC, já existem oito registros de eventos ocorridos dentro do município. Esses registros servem para obras preventivas futuras, obras emergenciais e banco de dados para intervenções em nível estadual e federal.

Nossas equipes estão também monitorando o nível dos rios de Bonito e ontem (quarta, dia 8) me desloquei até o distrito Águas do Miranda para entregar pessoalmente recursos às equipes de apoio daquela localidade. Lá existem atualmente 4 famílias desalojadas mas esse número pode subir devido ao aumento do nível do Rio Miranda.

Na cidade, mais especificamente na Vila Mimito, aproximadamente 20 casas foram diretamente atingidas e seus moradores tiveram que retirar às pressas os seus pertences. Alguns não tiveram tempo para fazer isso e perderam eletrodomésticos e móveis. Porém, como era uma enxurrada e não um rio que estava subindo ontem mesmo a quase todas as famílias já puderam retornar aos seus imóveis, iniciando os reparos necessários para normalização das suas atividades.

Muitos são os desafios e poucas são as pessoas estão dispostas a colaborar. Os que colaboram, porém, são aqueles que realmente pensam no bem-estar do próximo. Gostaria de agradecer, em nome Comitê Municipal de Defesa Civil, o empenho de algumas pessoas na doação de roupas, água e outros itens. A Defesa Civil do Estado doou 20 kits dormitórios à Coordenação local e nesta sexta-feira esses materiais estarão sendo entregues às famílias que necessitam. Nosso lema é: Defesa Civil, uma tarefa de todos para todos! Venha também fazer parte desse time do bem.

Comentários
Veja Também
conde_foto
Últimas Notícias
  
dothshop
ANUNCIE AQUI
dothCom © Copyright BonitoInforma - Todos os Direitos Reservados.