Menu
KAGIVA
quarta, 19 de setembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Consumidor da Capital pode economizar até 36% se pesquisar preços

12 Set 2011 - 09h01Por Correio do Estado

Mais saudável e de preparo mais rápido, a carne de peixe já é preferência de alguns consumidores há muito tempo. Nas peixarias e mercados da Capital, além do preço para atrair a clientela, uma parceria nacional com o Ministério da Pesca e da Aquicultura busca incentivar ainda mais o consumo de peixes entre 11 e 24 de setembro.

O Portal Correio do Estado foi pesquisar preços e a preferência do consumidor da Capital. O 'queridinho' do momento é o tambaqui, que tem o gosto parecido com o do pacu e custa até R$ 5 mais barato. “As vendas de peixe aumentaram muito, o pessoal fala que é mais barato e mais saboroso que a carne vermelha e quando chega para comprar já sabe o que quer. Cada época do ano vende de uma espécie, agora tem o tambaqui e o atum que estão tendo muita procura”, comenta o responsável pela peixaria do Extra, Gilmar Barbosa.

Um pouco de pesquisa e a economia reflete na mesa do consumidor. O filé de merluza, por exemplo, pode variar até 36% entre mercados e peixarias, custando R$ 9,90 em um local e R$ 13,50 o quilo em outro. A piraputanga é bastante saborosa, mas difícil de encontrar. Outro popular é o Dourado, que varia entre R$ 24 e R$ 27,50 o quilo. Entre peixes de mar e de rio, o preço não difere tanto, vai mais da preferência do consumidor. Na campanha do ministério, algumas dicas de compra são importantes:

Dicas de compra

O peixe fresco, por exemplo  deve possuir pele firme, bem aderida, úmida e sem a presença de manchas; os olhos devem ser brilhantes e salientes; as escamas devem ser unidas entre si, brilhantes e fortemente aderidas à pele; as guelras devem possuir cor que vai do rosa ao vermelho intenso, ser brilhantes e sem viscosidade; odor característico e não repugnante.

Quanto à conservação, após o descongelamento, os pescados só podem ser congelados novamente se cozidos e preparados. No congelamento caseiro, os peixes devem ser mantidos inteiros, mas sem as vísceras. Camarões e lagostas devem ser congelados sem cabeça. Nunca se deve congelar espécies diferentes num mesmo recipiente. Ao manusear o pescado, o vendedor deve utilizar luvas descartáveis e a higiene do local de venda deve ser observada como um todo. Os peixes são alimentos extremamente perecíveis e por isso é necessário tomar muito cuidado com seu manuseio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GOVERNO DO ESTADO DO MS
Governo de MS abrirá 10 concursos públicos para PM e Bombeiro
CIDADES
Fotógrafo que perdeu voo por atraso guarda registros há 44 anos da maior tragédia aérea de MS
TECNOLOGIA
Instagram lança botão para compras de usuários pelo stories da rede social
POLÍTICA
Com renúncias e mudanças, disputa eleitoral em MS envolve 509 candidatos
CIDADES
Polícia prende quadrilha que roubava caminhões e levava para o Paraguai
GERAL
Mega-Sena acumula e deve pagar prêmio de R$ 17 milhões nesta quinta
COISAS DA NATUREZA
Indiano flagra serpente vomitando cobra do seu tamanho em imagem surpreendente
OPORTUNIDADE - CAMPO GRANDE - MS
Grupo Oi abre 100 vagas para início imediato em Campo Grande
BONITO - MS - VISITA NO GABINETE
Prefeito recebe atletas que participaram dos JEMS e JOJUMS em Bonito (MS)
BONITO - MS - PARA LOCAÇÃO TAMBÉM
BONITO (MS): Chegou a mais nova sensação do momento à Virtual Play carrinho simulador montanha russa