Menu
KAGIVA
tera, 16 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Conheça os sete maiores erros nos currículos

4 Jul 2011 - 08h44Por Com informações do IG

Ter um emprego "estável" não é garantia de realização profissional, portanto, os insatisfeitos ou inquietos, devem manter sempre o currículo atualizado, levando em conta as novas funções que está exercendo. Afinal, dizem os especialistas em carreira, um bom currículo é uma peça importante para se apresentar a uma vaga de um emprego e também para uma promoção ou nova oportunidade na empresa em que já está trabalhando.

Dessa forma, a preocupação em evitar os principais enganos deve ser constante para todos os profissionais de todas as idades. Para colaborar que os problemas mais comuns aconteçam, segue o resultado da pesquisa da consultoria britânica InterExec, especializada em recrutamento de executivos, sobre os sete principais erros nos currículos que recebe. Saiba ainda como fazer um currículo nota dez e de que forma você pode expandir seu currículo para as redes sociais.

Os sete erros - A pesquisa da consultoria, publicada pelo site Canal RH, mostra que 63% dos currículos que recebe trazem tarefas onde deveria constar as conquistas, 54% eram longos demais e 51% traziam muitas informações sem importância para a vaga. Especialistas contam que para montar um currículo ideal, em qualquer fase da carreira, a estrutura básica é de informações pessoais, a formação, qualificações e experiências, tudo isso listado de forma organizada. Saiba como montar um currículo claro e objetivo.

Veja os sete erros mais comuns apontados na pesquisa da InterExec:
- 63% colocam tarefas no lugar de conquistas;
- 54% são muito longos;
- 51% trazem informações irrelevantes;
- 35% abusam de jargões e abreviações;
- 25% não detalham informações importantes;
- 24% são superficiais;
- 10% são arrogantes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESAPARECEU
Servidora pública com depressão desaparece e preocupa família
PESQUISA IBOPE PARA PRESIDENTE
IBOPE: Para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
BONITO - MS - RIO MIRANDA
Em Bonito, Rio Miranda volta ao nível normal e Defesa Civil monitora as regiões mais afetadas
MUNDO DA TV
Com paralisia, Liminha segue internado e sem previsão de alta
ENTRETENIMENTO
Na reta final de “Sol”, Remy descobrirá que é tio da Karola
ANIMAIS COM VONTADE DE VIVER
Cachorro com câncer anda em balão, toma sorvete e acampa
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Caravana da Saúde salvou e continuará salvando vidas, diz Reinaldo Azambuja
VENDAVAL NO MS
Vendaval destelha barracão e danifica máquinas agrícolas em fazenda
OPORTUNIDADES NO MS
Concursos em MS oferecem mais de 1,9 mil vagas e salários até R$ 8,6 mil
ELEIÇÕES 2018 - ARTICULAÇÕES
Odilon Jr. visitou Puccinelli na prisão antes de apoio do MDB