Menu
sexta, 17 de janeiro de 2020
BANNER ANNA
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Confira em vídeo cenas da briga que causou morte de segurança em boate da capital

22 Mar 2011 - 08h15Por Midiamax

A polícia divulgou imagens do circuito de segurança que gravou a briga que terminou na morte do segurança Jeferson Bruno Gomes, de 23 anos, em uma boate no centro de Campo Grande no último sábado (19). Jeferson, que trabalhava de segurança no local, foi agredido com dois socos por Christiano Luna de Almeida, de 23 anos. Após os golpes, Jeferson passou mal, o Corpo de Bombeiros tentou reanimá-lo, porém ele não resistiu e faleceu.

A fita já está com o delegado que cuida do caso e deve ser examinada durante as investigações. No início da apuração do crime, a polícia informou que o segurança fora morto após levar apenas um soco de Almeida, um praticante de jiu-jitsu que possui passagem na polícia por agressão.

Nos primeiros segundos do vídeo, é possível ver um princípio de confusão e um homem caído, provavelmente Christiano. Depois, alguém com uma camisa clara, possivelmente Jeferson, é carregado por seguranças e deixado em um local enquanto é socorrido.

Christiano está preso e foi transferido hoje para o Presídio de Trânsito de Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prisão
Policiais prendem autor de homicídio foragido no Paraguai desde 2012
Fronteira
Jovem é ferida a tiros na fronteira e polícia acredita em crime passional
FUTEBOL
Vasco vira sobre Goiás e pegará o Grêmio nas quartas de final da Copa São Paulo
Mistério
Mulher sai em surto de motel e morre ao ter mal súbito na BR-262 em Campo Grande
PERTURBADOR
Áudio mostra conversa de pai e mãe combinando para estuprar filha de 7 anos
Último dia!
Matrículas para cursos técnicos integrados do IFMS terminam hoje
CRIMES
MS supera em 10 vezes média nacional de resolução de homicídios; Bonito está na lista
PISO SALARIAL
Governo federal anuncia aumento do piso dos professores
TRÁFICO DE DROGAS
Polícia paraguaia destrói 11 hectares de maconha na fronteira de MS
ATÉ AGOSTO
Ministério da Justiça autoriza Força Nacional em Caarapó e em Dourados