Menu
mutantes
sbado, 23 de fevereiro de 2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Concurso Arte na Sacola - da Rede Econômica - mobiliza escolas de Bonito

24 Mar 2011 - 13h12Por Boni Miranda / Bonito Informa

A Rede Econômica, da área de supermercados, abriu através de seus representantes nos municípios de Bonito, Jardim e Coxim um concurso cultural, o “Arte na Sacola”, com o objetivo de estimular os estudantes para a arte e para a preservação da natureza – o tema da promoção. As inscrições estão abertas até o dia 10 de abril.

Duas escolas estaduais de Bonito, Luís Falcão da Costa Leite e Bonifácio Camargo Gomes, participarão da promoção. De acordo com o gerente do Mercado Santos, Odenilson Silva da Cunha, o foco da campanha é a necessidade do uso de sacolas ecológicas.

O concurso, além da categoria estudante (que devem comprovar estar matriculados em uma instituição de ensino) oferece uma opção de participação para o público em geral.

A premiação envolve duas televisões 32 polegadas e 2 notebooks. O regulamento da promoção - assim como a ficha de inscrição, se encontra nas lojas da Rede Econômica e no site www.redeeconomicams.com.br. A divulgação dos vencedores será feita no dia 25 de abril de 2011.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FATALIDADE
Morador em MS morre após pneu de caminhão que o mesmo estava calibrando estourar
BONITO - MS - AÇÃO POLICIAL
Polícia Militar de BONITO prende traficante com mais de 10kg de maconha
POLÍCIA
Três vão presos e caminhonete lotada de maconha é apreendida na MS-060
GERAL
Transição torna aposentadoria pelo teto do INSS quase inacessível
BONITO - MS - FURTO DE MUDAS DA CICLOVIA
Prefeitura pede colaboração da população para evitar o furto de mudas na ciclovia em Bonito (MS)
POLÍCIA
Indígena é assassinada pelo ex-marido em MS
MUDANÇA
Cota zero começa a valer em 2020 nos rios de Mato Grosso do Sul
CIDADES
Carregado com bovinos, caminhão tomba e animais ficam soltos em via
PRODUTIVIDADE
Maior exportador de tilápia do País, MS eleva produção
EMPREGOS E CONCURSOS
Secretária de Educação aprova e reconhece novos cursos técnicos em 10 cidades de MS