Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quarta, 15 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Comissão rejeita proibição de venda de cigarro e álcool perto de escola

14 Abr 2011 - 15h18Por Agência Câmara de Notícias

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio da Câmara dos Deputados, em Brasília, rejeitou ontem, quarta-feira (13) o Projeto de Lei 3205/04, do deputado Fábio Souto (DEM-BA), que proíbe a venda de bebidas alcoólicas, cigarros e similares em estabelecimentos ou pontos de venda localizados a menos de 500 metros de escolas públicas ou particulares.

A comissão acolheu o parecer do relator, deputado Renato Molling (PP-RS), que foi contrário à proposta. “Ainda que essa intenção seja louvável, o que verificamos, na prática, é que a restrição excessiva ou o banimento de um produto traz uma imensa quantidade de fatores negativos e de desagregação social, que vão desde a violação generalizada da norma até a formação de um submundo de criminalidade associada à sua produção e distribuição”, disse ele.

O relator lembrou que os produtos citados no projeto são lícitos e sua comercialização é constitucionalmente assegurada, sujeita às restrições impostas por lei federal quanto à sua propaganda comercial e venda para menores.

“Além do aspecto legal, deve ser considerado que a proibição de venda em algumas áreas próximas às escolas acabaria por impedir, em longa extensão, a existência de estabelecimentos autorizados a vender os produtos em questão. A proibição somente beneficiaria a comercialização informal, no caso dos derivados de tabaco e congêneres, através de camelôs em detrimento do comerciante legalmente estabelecido. Isto prejudicaria não só o comércio, mas também a indústria e o próprio consumidor final”, acrescentou.

Para o autor, Fábio Souto, a venda de bebidas alcoólicas e cigarros em locais de fácil acesso a estudantes estimula a aquisição e consumo de itens nocivos à saúde, causadores de vícios, além de ensejarem conflitos, agressões e acidentes de trânsito por embriaguez, bem como criarem condições favoráveis ao consumo de drogas ilícitas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - PODAS ORNAMENTAIS
Empresas credenciadas poderão realizar podas ornamentais em Bonito (MS)
FOTO: ISABELLE NERI CULTURA
Grupo Teatral que emocionou Bonito durante FIB lança campanha para evento em Curitiba
TEMPO E TEMPERATURA
Frente fria do Paraná se antecipa e pega trabalhador sem casaco em MS
POLICIAL
Defesa diz que pistoleiro é 'boi de piranha' e vítima de armação da polícia
SEM VIDA
Descaso acelera destruição de Aquário do Pantanal
ECONOMIA
Contribuinte que está no 3º lote do IR 2018 recebe hoje restituição
POLÍTICA
Termina hoje às 19h prazo para registro de candidaturas à Presidência
SAÚDE
Universidades terão incentivo para controlar obesidade
POLÍTICA
Temer, Eunício e Maia vão à posse do presidente do Paraguai
GABARITO PRELIMINAR
Divulgado gabarito preliminar das provas para soldado e oficial da PM, Confira