Menu
KAGIVA
tera, 16 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Com foco no respeito, Semana Nacional de Trânsito é aberta na Assembleia

15 Set 2011 - 13h46Por Campo Grande News

Com a cobrança de mais respeito por estudantes e autoridades para evitar acidentes, a Semana Nacional do trânsito foi aberta nesta quinta-feira, em solenidade na Assembleia Legislativa com o tema "Década de Ação pela Segurança Viária: Juntos Podemos Salvar Milhões de Vidas".

Para o diretor presidente do Detran, Carlos Henrique Santos Pereira, hoje é um dia muito importante para o órgão por causa da Semana Nacional do Trânsito. Segundo, ele o grande foco dessa ação é o respeito.

O presidente ressalta que é preciso resgatar valores, tolerância, civilidade e respeito no trânsito. “O condutor tem que parar de ficar apontando os erros, ele precisa entender que o problema também é dele e não só dos outros”.

Ele explica também sobre as intensificações das blitze. “Se tem tanta fiscalização é porque os veículos são irregulares tanto na documentação quanto na questão de segurança”.

De janeiro a agosto deste ano foram aproximadamente 7 mil apreensões de veículos, e que 1500 desses números não foram retirados pelos proprietários. “Muitas vezes o valor da multa é maior do que o valor do veículo, então o motorista não se interessa de ir resgatar o carro”.

Só este ano no período de 1 de janeiro a 4 de agosto foram feitos quatro leilões pelo Detran, conforme o presidente já tem outros agendados não só na Capital, mas também no interior.

Carlos Henrique chama atenção para outro detalhe, de 10 mil veículos no pátio do Detran, 2 mil são objetos de processo judicial que foram apreendidos pela Polícia e Receita Federal. “Tem carro que está há 24 anos no pátio por conta de ação da justiça do trabalho”, ele explica que esses carros não podem ser mexidos.

Para o jornalista e Consultor em segurança do trânsito, J. Pedro Correia, o Brasil não tem uma política de segurança no trânsito. “Se nós temos uma década pela frente é preciso fazer um plano de segurança para evitar fatalidade”, acrescenta.

O jornalista afirma que o Detran não faz planos como esse. “Mato Grosso do Sul tem que esquecer os problemas do país e resolver os problemas do Estado”. Segundo ele, o país não tem uma política de segurança porque deste que existe presidente governar é construir estradas. “Segurança nunca esteve no dicionário político”.

J. Pedro ressalta que segurança e educação falta na cultura do brasileiro. Ele contou que certa vez trabalhando como jornalista em um programa de rádio na suíça fez uma entrevista com um engenheiro renomado da formula 1.

“Eu perguntei o que ele entendia por segurança no trânsito, ele respondeu: Segurança no trânsito é quando minha família e eu discutimos o caminho que vamos fazer até a escola”. Ele complementa que educação no trânsito está na cultura européia.

Conforme o jornalista além da educação tem que ser feita a repressão. “Não existe pais no mundo que resolveu problema no trânsito sem educar e reprimir ao mesmo tempo, finaliza.

Conscientização - Com camisetas pretas com os dizeres Trânsito na escola - Formação do jovem condutor, estavam presentes na abertura da Semana Nacional do Trânsito sete escolas entre estaduais e particulares.

A estudante Camila Nogueira, 15 anos, disse que o principal motivo de eles estarem ali é para cobrar mais respeito entre os condutores no trânsito. “Tomara que nossas reivindicações não fiquem sem ser atendidas”, disse a estudante Cuéren Barros, 17 anos.

O diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Rudel Trindade, destaca que com o início do placar da vida houve uma mobilização maior por parte da sociedade. “O placar da vida fez com que as pessoas se interessassem mais pelo trânsito, não que isso resolva, mas a sociedade está participando mais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESAPARECEU
Servidora pública com depressão desaparece e preocupa família
PESQUISA IBOPE PARA PRESIDENTE
IBOPE: Para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
BONITO - MS - RIO MIRANDA
Em Bonito, Rio Miranda volta ao nível normal e Defesa Civil monitora as regiões mais afetadas
MUNDO DA TV
Com paralisia, Liminha segue internado e sem previsão de alta
ENTRETENIMENTO
Na reta final de “Sol”, Remy descobrirá que é tio da Karola
ANIMAIS COM VONTADE DE VIVER
Cachorro com câncer anda em balão, toma sorvete e acampa
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Caravana da Saúde salvou e continuará salvando vidas, diz Reinaldo Azambuja
VENDAVAL NO MS
Vendaval destelha barracão e danifica máquinas agrícolas em fazenda
OPORTUNIDADES NO MS
Concursos em MS oferecem mais de 1,9 mil vagas e salários até R$ 8,6 mil
ELEIÇÕES 2018 - ARTICULAÇÕES
Odilon Jr. visitou Puccinelli na prisão antes de apoio do MDB