Menu
ASSOMASUL MARÇO
quarta, 24 de abril de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS
Bonito - MS

Com a LC 92 todas as unidade de saúde terão farmacêutico responsável

"O compromisso maior de cada vereador é com a população", diz o presidente da Câmara, vereador Nandinho.

13 Fev 2012 - 09h55Por Luciana Garcia /Assessoria

O prefeito José Arthur Figueiredo sancionou na última sexta- feira (09) a Lei Complementar 92. A LC 92 altera a anterior, LC 89, e havia sido aprovada na Câmara Municipal por 7 votos a 1.

Entre as principais alterações estão o aumento de 05 para 07 vagas do cargo de farmacêutico bioquímico destinados aos ESFs e ao laboratório central da Unidade Padre José Ferrero, o aumento de vagas para assistente administrativo, de 12 para 18 e  de líder de equipe I, de 10 para 13 vagas. A mudança ainda reduz de 03 para 02, a quantidade de vagas para o cargo de assessor especial I.

Para o prefeito José Arthur, a aprovação da LC 92 vai melhorar o serviço o das farmácias nas unidades de saúde.

 “É evidente o nosso interesse em melhorar os serviços de saúde em Bonito, tanto que 90% das vagas homologadas no último concurso foram destinadas aos profissionais dessa área. São agentes de saúde, médicos, técnicos em enfermagem, auxiliares de consultório, técnicos em próteses e farmacêuticos também”.

“Nesse caso, em especial, ou nós fechávamos as farmácias dos ESFs e passávamos a funcionar só no posto central, porque toda farmácia precisa de um profissional (um farmacêutico) responsável, conforme diz a lei, ou aumentávamos as vagas para farmacêuticos. E foi isso que foi feito. Dessa forma o usuário do SUS pode ser atendido na farmácia do seu bairro, no ESF mais perto da sua casa. Além disso nós vamos agilizar a entrega dos exames de laboratório”.

 “Já com relação ao aumento das funções gratificadas, em mais 03 vagas, elas são exclusivas aos funcionários efetivos”, informou o prefeito.

O vereador Nandinho (PT) explicou que a Lei foi votada em regime de urgência especial em atendimento a um pedido do Executivo.

“Estou de acordo com a LC 92 porque o compromisso maior de cada vereador é com a população. E, nesse aspecto a lei beneficia a todos os usuários de saúde pública, garante segurança, conforto e comodidade”.

A vereadora Luisa Cavalheiro de Lima, que também votou a favor, foi enfática ao defender a LC 92.

“Não se trata de uma determinação do município, ou do prefeito, é uma adequação a uma lei federal. Há a necessidade do farmacêutico em cada ESFs, e nossa prioridade tem que ser a população, porque na ausência de um serviço de qualidade é ela que padece”, concluiu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
MS tem saldo acumulado de 10.570 empregos com carteira assinada gerados no ano
POLÍCIA
Polícia Civil participa de operação nacional para cumprir mandados de prisão contra foragidos
POLÍTICA
Lama Asfáltica: 3ª Vara nega novo pedido para que ação vá para a Justiça Eleitoral
LOTERIA
Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira o maior prêmio deste ano
CIDADES
Com rios entupidos por vegetação ribeirinhos do Pantanal de MS são levados para médico de helicópter
BONITO - MS - TRABALHO LEGISLATIVO
Confira o trabalho do seu vereador durante sessão ordinária da Câmara em Bonito (MS)
BONITO - MS - NA CÂMARA
Vereadores solicitam que antiga iluminação do CMU seja aproveitada em bairros de Bonito (MS)
EMPREGOS E CONCURSOS
Governo de MS divulga inscrições para pós-graduação em saúde pública
GERAL
Polícia Civil deflagra arrastão para capturar foragidos em MS
ESTELIONATO
Major morto em Bonito tem documentos falsificados e golpe pode chegar até R$ 50 mil por trio