Menu
KAGIVA
tera, 16 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Colombianos são condenados por matar civis e fazê-los passar por guerrilheiros

7 Jul 2011 - 17h33Por Agência Brasil

Um tribunal colombiano condenou ontem (6) oito militares a 60 anos de prisão cada um, pelas mortes de quatro camponeses identificados de propósito e de má-fé como guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Esta é a mais recente condenação no escândalo conhecido como "falsos positivos", que surgiu em 2008 durante o mandato do ex-presidente Álvaro Uribe (2002-2010).

Os militares alegavam que suas vítimas - os agricultores Enrique Piedrahita, John Edison Galeano, Jesus Alberto Londono e Juan Darío Arroyave - eram guerrilheiros mortos em combate.

Desde o início das denúncias, várias autoridades renunciaram ou foram processadas. Cerca de 1,4 mil casos semelhantes ainda estão sendo investigados

Autoridades colombianas investigam as denúncias de que as forças de segurança colombianas tenham matado milhares de civis e feito suas vítimas passar por guerrilheiros com a intenção de aumentar os "índices de sucesso" da ação policial no combate à guerrilha.

Em comunicado, o gabinete do procurador-geral da Colômbia informa que "as vítimas foram tiradas à força de suas casas, que não houve luta e que os homens eram fazendeiros, que foram alvejados a tiros pelas costas".

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRIGA INTERNA EM PLENA CAMPANHA
Conselho de Ética do PDT pede 'cabeça' de Odilon por apoio a Bolsonaro
BONITO - MS - OBRAS E MELHORIAS
BONITO: Agesul e prefeitura concluem revitalização de mais de 70 KM da estrada vicinal da La Lima
ELEIÇÕES PARA PRESIDENTE
Bolsonaro lidera em 4 regiões; Haddad está na frente no Nordeste, VEJA OS GRÁFICOS
LUTO NA TV
Aos 78 anos, morre o jornalista Gil Gomes
TRAGÉDIA
Menina de 2 anos é atropelada na garagem de casa quando mãe dava ré no carro, em Campo Grande
APOIO À REINADO AZAMBUJA
Deputado do MDB reúne prefeitos, vereadores e lideranças de MS em apoio à Reinaldo Azambuja
BONITO - MS
Conhecimento e muita diversão marcaram o 7° Acampamento do Instituto Mirim Ambiental de Bonito
DESAPARECEU
Servidora pública com depressão desaparece e preocupa família
PESQUISA IBOPE PARA PRESIDENTE
IBOPE: Para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
BONITO - MS - RIO MIRANDA
Em Bonito, Rio Miranda volta ao nível normal e Defesa Civil monitora as regiões mais afetadas