Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sexta, 17 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

CNJ cria comissão para equacionar conflito por terras indígenas em MS

27 Mai 2011 - 14h01Por Campo Grande News

O CNJ (Conselho Nacional de Justiça) decidiu criar uma comissão para solucionar o conflito fundiário entre índios e produtores rurais na região de Dourados. A comissão será composta por indígenas, produtores rurais, Ministério Público Federal, Advocacia-Geral da União, Funai (Fundação Nacional do Índio) e Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

A criação da comissão atende do CDDPH (Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana), afirmou Christiana Freitas, coordenadora-geral do Conselho, que representou a ministra Maria do Rosário no seminário “Questões Fundiárias em Dourados”, promovido pelo CNJ. A região concentra conflitos por terras que duram décadas e já provocaram até mortes e um clima de tensão permanente entre índios e fazendeiros.

A comissão será instalada o mais rápido possível, informou o juiz auxiliar da Presidência do CNJ, Marcelo Martins Berthe, coordenador do Fórum de Assuntos Fundiários, disse que a comissão será implantada o mais breve possível. “Temos esperança de, no prazo mais curto possível, pelo menos diminuir um pouco o sofrimento do povo indígena e a insegurança dos produtores rurais”, disse.

Segungo o CNJ divugou, os integrantes da comissão vão analisar todos os pontos levantados durante o seminário, entre eles a possibilidade de estabelecer uma nova política indigenista para o Brasil.

Durante os debates, indígenas, produtores, especialistas e autoridades públicas reclamaram da falta de política pública para as populações indígenas. A conclusão é de que o modelo adotado até hoje de demarcação de reservas não soluciona o problema dos índios, que precisam ter condições de produzir e de obter renda para viver com dignidade.

O seminário foi encerrado como um ritual religioso. “É uma reza para resolver um problema de 500 anos”, informou o cacique Anastácio Peralta. “Nosso país não é feito só de soja. É feito de pessoas”, encerrou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo
BONITO - MS - AÇÕES NO ÁGUAS DO MIRANDA
BONITO (MS): Obras realiza serviços de revitalização no distrito Águas do Miranda
BONITO - MS
Almoço beneficente em prol do Instituto Visão de Vida acontecerá neste sábado em Bonito
CASO MAYARA
Acusado de matar a musicista Mayara Amaral diz que estava 'possuído'
ACIDENTE
Mulher é arremessada e morre em capotamento de veículo na BR-359
CIDADES
Mutirão vai analisar 11 mil processos de presos condenados em MS
DEFESA SANITÁRIA
Campanha de vacinação da febre aftosa atinge 99% de cobertura em MS
SAÚDE
Pesquisa indica que 16 milhões de brasileiros vivem sem nenhum dente
SAÚDE
Dia D de vacinação contra pólio e sarampo será neste sábado