Menu
BANNER ANNA
sexta, 24 de janeiro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

CNJ anula concurso do TRE de Santa Catarina após irregularidades

16 Mar 2011 - 16h22Por Folha.com

O plenário do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) determinou nesta terça-feira (15) a anulação do concurso 1/2009 do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Santa Catarina.

Os conselheiros aprovaram o voto da relatora do processo, Morgana Richa, que apontou uma série de irregularidades na realização do concurso.

O processo foi proposto pela Procuradoria da República em Santa Catarina, a partir das denúncias de inúmeros candidatos que pleiteavam cargos de analista e técnico judiciários.

Segundo o relatório da conselheira, foram verificadas irregularidades na realização do concurso, como a comunicação entre candidatos durante a prova, o uso de equipamentos eletrônicos, inclusive telefone celular, dentro das salas e a entrega de envelopes dos cartões de resposta com o lacre violado.

Os conselheiros não acataram a argumentação da defesa, que tentou desvincular as irregularidades a suspeitas de favorecimento a candidatos.

A defesa admitiu que a empresa contratada para realizar as provas não tinha porte para cumprir o contrato. "A quantidade de inscrições, mais de 30 mil, superou a expectativa dos organizadores, que estimavam em 8.000 o número de potenciais concursandos", afirmou o advogado do TRE-SC, Luiz Magno Bastos.

"Nunca vi um concurso com tamanha fragilidade em sua execução", afirmou Morgana Richa, que também afirmou haver "ofensa à isonomia e impessoalidade", dois princípios básicos dos concursos públicos.

De acordo com o relatório, os candidatos denunciaram que não havia fiscais nos banheiros, o que contraria o edital do concurso. Os fiscais de sala não sabiam prestar informações corretamente, faltavam detectores de metal nos locais de prova e foram entregues cadernos de questões já rasurados antes mesmo do início das provas.

O CNJ A conselheira aceitou a sugestão de Milton Nobre e vai acrescentar ao seu voto a garantia de que todos os candidatos poderão refazer as provas.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

QUE COISA
Homem destrói Jeep de R$ 110 mil um dia após comprar carro em MS
MORTE A ESCLARECER
Homem é encontrado boiando no Rio Miranda em Jardim
TODO CUIDADO É POUCO
Escorpião sai de sacola de brinquedo e pica menina de três anos
CRIME CRUEL
Dona de casa e adolescente mataram e enterraram menina de 13 anos
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Pai e filha, moradores de Dourados, morrem em acidente no Paraná
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Ação do governo reduz níveis de turvamento das águas dos rios após chuvas em Bonito e região
ESTUPRO
Construtor estupra enteada de 12 anos após trancar esposa em cômodo de casa
PEDOFILIA
Polícia prende pedófilo após pai se passar pela criança em conversa no WhatsApp
PRESO
Suspeito de matar homem esfaqueado no pescoço é preso em Dourados
Júri
Acusado de matar com 15 facadas é condenado a 1 ano de prisão e multa