Menu
KAGIVA
tera, 23 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

CNBB critica STF por reconhecimento de união gay

12 Mai 2011 - 08h53Por Folha.com

A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) criticou o STF (Supremo Tribunal Federal) nesta quarta-feira por causa do reconhecimento da união homossexual e afirmou que o tribunal ultrapassou "os limites de sua competência".

Em nota oficial, emitida durante a 49ª Assembleia Geral da instituição, a CNBB disse que o assunto deveria ter sido discutido pelo Congresso Nacional e que "não é a primeira vez que no Brasil acontecem conflitos dessa natureza que comprometem a ética na política".

Tomada na última quinta-feira (5), a decisão do STF tem efeito vinculante (alcança toda a sociedade) e viabiliza para os homossexuais direitos como pensão, herança e adoção.

Para a CNBB, a equiparação entre as uniões homossexual e heterossexual "descaracteriza" a identidade da família e ameaça a estabilidade dela.

Apesar das críticas à decisão do STF, o documento repudia "todo tipo de discriminação e violência que fere sua dignidade de pessoa humana" e afirma que "as pessoas que sentem atração sexual exclusiva ou predominante pelo mesmo sexo são merecedoras de respeito e consideração".

Procurado pela reportagem, o STF não comentou o assunto até a publicação desta reportagem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VEM CHUVA E FRENTE FRIA DO SUL
Frente fria vinda do sul do país promete chuva e alívio no calorão de MS
BONITO - MS - EMPOSSADO
No gabinete, Odilson dá posse ao novo diretor de Cadastro e Tributação em Bonito (MS)
MORTE DURANTE ASSALTO
Jovem é morta na frente das filhas durante assalto
GERAL
Mães que não fazem pré-natal podem ser denunciadas
BONITO - MS
Certificado inclui Bonito no Mapa do Turismo Brasileiro
PESQUISA 2º TURNO - GOVERNADOR
Reinaldo tem 54% em nova pesquisa divulgada nesta segunda-feira 22 de outubro
EMPREGOS
MS tem mais de 2 mil vagas em concursos e salários de até R$ 11 mil
CIDADES
Discussão por xenofobia termina com baiano esfaqueado em MS
CINEMA
Com crítica política, animação brasileira é destaque em festival
GERAL
Para presidente da CBL, falta de leitura favorece notícias falsas