Menu
BONITO CÂMARA OUTUBRO 2019
domingo, 13 de outubro de 2019
BANNER ANNA
Busca
ZAP INFORMÁTICA
BONITO - MS - CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

CMU terá uma programação com artistas nacionais, regionais e alunos durante Festival em Bonito (MS)

CMU terá uma programação com artistas nacionais, regionais e alunos durante Festival em Bonito (MS)

19 Jul 2019 - 09h44Por GISELE COLOMBO

O público do 20º Festival de Inverno de Bonito vai passar o dia apreciando muitas apresentações de circo, dança, teatro, literartura e música além de poder participar de diversas oficinas no Centro de Múltiplo Uso (CMU), na rua 24 de Fevereiro, S/Nº (Antiga Subestação).

No dia 25 e 26 de julho a cineasta e professora de cinema Ally Callaço da Escola de Cinema e Outras Artes, de Florianópolis, ministrará uma oficina de iniciação ao cinema de animação para crianças. Mestre em Educação, Bacharel em Cinema e com formação em Design e Pedagogia, ela é cinéfila apaixonada, palestrante, professora e instrutora de minicursos e oficinas de cinema há 10 anos. A oficina acontece de manhã às 8h30 e à tarde às 14h.

Também no dia 25 de julho, a partir das 13h30, acontece a apresentação das crianças que participam do projeto Arte para todos, do Instituto Internacional Visão de Vida, fundado no dia 12 de dezembro de 2004, uma organização não governamental sem fins lucrativos. A Instituição nasceu da necessidade de oportunizar as crianças, adolescentes e jovens, que sofrem algum tipo de violência, novas oportunidades de recomeçar a vida, através do acesso à dança, teatro, música, circo, esporte, leitura dinâmica e lazer com sua família.

Na mesma tarde, o grupo Batucando Histórias realiza a contação de histórias com divertidas brincadeiras musicais que não deixam ninguém parado. Para o grupo, brincar, cantar e dançar são sempre as melhores formas de aprender, pois assim como a música, o aprendizado está em todos os lugares. Alunos das escolas de Bonito também farão diversas apresentações artísticas.

Também nos dias 25 e 26 de julho, a partir das 14h, estará acontecendo a Mostra Rua – Oficina de Skateboard e Cidadania. O Videomaker e Skatista Frederico de Almeida Campos ministrará uma oficina de produção audiovisual voltado para o skateboard, abordando técnica, criação, produção, edição em aplicativo de celular e difusão dos produtos em web canais. A oficina estimula o protagonismo juvenil, direcionando o jovem para que ele entenda sua capacidade política enquanto cidadão; perceba sua força transformadora quando cria espaços para o diálogo franco com a comunidade. A oficina visa ainda a promoção de oportunidades para a expressão criativa e responsável, incentivando o surgimento de futuros atletas e cidadãos conscientes sobre seu papel em espaços públicos e coletivos. Como finalização da oficina, os alunos produzirão um campeonato de skate sob a orientação do ministrante. Serão oferecidas 40 vagas e podem participar skatistas a partir de 8 anos.

26 de julho

A partir das 8h e das 13h30 acontecem apresentações artísticas de alunos da Escola Caminho da Esperança, da Associação Pestalozzi de Bonito, do Instituto Visão de Vida e da Rede Solidária de Campo Grande.

Às 15h30, será apresentado o espetáculo “O Grandioso Mini Cirquim”, do grupo de artes cênicas Circo do Mato. A peça é uma remontagem de outro trabalho, “O Palhaço no ½ da Rua” que já foi apresentado em festivais na Colômbia, Paraguai, Peru e Brasil com grande aceitação do público. O Grandioso Mini Cirquim é um espetáculo que tem como prerrogativa, recuperar números tradicionais de circo através de uma perspectiva mais atual. Misturando teatro com técnicas circenses. O espetáculo tem como base três dos personagens mais recorrentes do circo: o apresentador, a partner, e claro, o palhaço, que juntos, desenvolvem números de magia, malabarismo com bambolês, pirofagia, equilibrismo e a palhaçaria. O Grandioso Mini Cirquim busca em sua simplicidade e brincadeira, a grandiosidade e a magia de alguns números tradicionais da história do circo mundial, que de forma simples dá continuidade a esta arte e tradição. Trabalham no espetáculo os atores Nilcieni Maciel, Douglas Caetano e Mauro Guimarães, os figurinos são de Marcelo Silva, Mauro Guimarães e Luciana Kreutzer, a produção e operação de som é de Laila Pulchério e a fotografia de VacaAzul.

A partir das 00h, Duêpa agita o público do festival com um repertório dançante da música brasileira numa fusão com a música regional numa pegada chamamezeira. Duêpa é formado pela dupla de DJs Aruan e Goiaba de música brasileira para dançar. Na ocasião será feita uma performance de dois dançarinos do Coletivo de Festas que os dois DJs participam, que terá como tema uma crítica à poluição dos rios de Bonito. Em seguida, Karina Buhr assume o comando da festa. Ela apresentará seu terceiro disco “Selvática”. Este trabalho faz o questiona a realidade feminina levando ao público temas fortes com as fortes levadas do heavy metal e o punk rock. A banda é integrada por Catatau e Edgard Scandurra, Guizado, Mau, Bruno Buarque, André Lima e Karina. A sonoridade é única e inconfundível. Uma panela cheia de referências, com sotaques diversos, pernambucano inclusive. Karina é pós-punk, pós-tropicalista, pós-tudo-enfrentando-leões. Doce e feroz.

27 de julho

A partir das 14h30 será apresentado o espetáculo “Meu Brasil Brasileiro” de alunos do Studio Kadoshi Dance, da Rede Solidária de Campo Grande e do projeto Movimente seu bairro.

Às 16h, o intérprete-criador de Belo Horizonte (MG), João Rafael Neto, apresenta o espetáculo “Bolero de 4”, no qual une a prática esportiva com a dança contemporânea. Ele realizará uma interessante performance com sua bicicleta BMX, desenvolvendo uma linguagem própria, que desloca o esporte para o ambiente artístico e vice-versa. Numa dança circular e crescente assim como a música utilizada, o bolero de Ravel, ele retrata de forma poética a história, o relacionamento e a cumplicidade entre o dançarino e sua parceira de cena. A trilha sonora compõe dramaturgicamente a obra desvendando aos transeuntes do local as relações estabelecidas de parceria, dueto ou “pax-de-deux”, entre os corpos na cena, envolvendo e conduzindo o público numa viagem desta relação íntima de amor e conflito.

Às 00h00, os DJs Gio Marx e Magão de Campo Grande apresentam o Projeto Paralelo. Eles farão uma discotecagem juntos em uma performance com 4 toca discos, unindo influências da música regional, blackmusic nacional e americana. Essa junção com um repertório conceitual traz toda a personalidade dos dois DJ’s sul-matogrossenses que já têm seu trabalho reconhecido na noite de Campo Grande e outras cidades do Brasil. Em seguida acontece o show dos cariocas BNegão & Seletores de Frequência.

O show de BNegão & Seletores de Frequência é conhecido como um verdadeiro “Baile de Música Negra Universal”. Pautado pelos discos Enxugando Gelo (2003), Sintoniza Lá (2012) e TransmutAção (2015), o grupo desafia a lógica com um set vigoroso e surpreendente, trazendo para dentro de um mesmo show ritmos como o hip-hop, funk 70, samba-jazz, afrobeat, música jamaicana, Miami bass e hardcore. Ao peso do som, junte a retórica instigante, política e cheia de vibrações positivas que BNegão tem na ponta da língua. É um caldeirão de elementos sonoros prontos para causar a ebulição por onde passa. Em 2018, BNegão & Seletores de Frequência realizaram a turnê de celebração dos 15 anos do mítico disco enxugando Gelo (que também contou com lançamento em vinil). Em 2019, a banda segue na estrada se despedindo do público com um show especial, que abriga o repertório de seus três discos e algumas surpresas sonoras. Integram a banda, BNegão (Voz e Guitarra),Pedro Selector (Trompete), Marcos Serragrande (Trombone), Paulão King (Voz), Nobru (Baixo), Gilber T (Guitarra), Robson Riva (Bateria) e Sandro Lustosa (Percussão). 

28 de julho

Às 14h acontece uma gincana com professores participantes das oficinas de jogos teatrais e brincadeiras tradicionais feitas pelo grupo Batucando Histórias. E encerrando a programação do CMU, às 16h, o universo literário de Clarice Lispector será apresentado para crianças no projeto de contação de histórias “Experimentando Clarice”, do grupo paulistano “Experimentando História”. Na ocasião será feita uma narrativa artística de quatro livros infantis da escritora: A Vida Íntima de Laura, A Mulher Que Matou os Peixes, O Mistério do Coelho Pensante e Quase de Verdade. Figuram no elenco Renata Augusto, Nino Belucci e Rafael Siqueira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SORTE SERÁ...!!!
Em MS, Jaca de 4 quilos cai na cabeça de idosa durante procissão
DOURADOS - OPORTUNIDADE
Em Dourados, Prefeitura abre mais de 600 vagas de estágio em várias áreas, CONFIRA
BONITO - MS - ALERTA
Bonito (MS) mais 62 cidades em alerta para temporais com granizo até nesta segunda-feira
ATÉ NO CEMITÉRIO
Guarda municipal flagra homem tentando furtar cemitério
SORTE
Mega-Sena sorteia R$ 30 milhões na segunda-feira
FATALIDADE
Homem vai pescar e nadar e acaba se afogando em rio Sucuriu
DOURADOS - CONFRONTO COM ÍNDIOS
Clima fica tenso com índios presos em confrontos às margens da Perimetral Norte em Dourados
CRIME AMBIENTAL
PMA de JARDIM autua infrator em R$ 15 mil por realizar incêndio em palhada de lavoura
PMA EM AÇÃO
PMA do Distrito Águas do Miranda prende e autua paranaense por captura de dourado com pesca proibida
TRAGÉDIA
Homem morre após ter corpo incendiado enquanto abastecia colheitadeira em MS