Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quinta, 16 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Cientistas desenvolvem teste que pode determinar tempo de vida

17 Mai 2011 - 09h06Por Terra

Um teste de DNA que aponta o quanto uma pessoa irá viver estará à venda ainda neste ano na Grã-Bretanha. O preço será em torno de 435 libras. 

O experimento é baseado em uma análise do comprimento dos telômeros de cada pessoa - estruturas nas extremidades dos cromossomos. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.

Críticos alegam que a nova tecnologia abrirá uma "caixa de Pandora", pois temem que as empresas de seguro podem demandar a realização do teste antes de fechar algum contrato. Entretanto, os cientistas dizem que o teste pode fornecer informações vitais de desordens relativas à idade, doenças cardiovasculares até Alzheimer e câncer.

O experimento calcula o tamanho do comprimento dos telômeros de cada pessoa. Um telômero de curto comprimento está relacionado a uma morte biológica mais precoce que um telômero maior. Porém, o teste não pode prever o exato número de meses e anos que uma pessoa ainda tem de vida, já que a genética não é o único fator determinante na morte de uma pessoa. Os cientistas acreditam que a nova tecnologia vai se generalizar dentro dos próximos 5 ou 10 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - ATENÇÃO MÃES
Dia 'D' contra poliomielite e sarampo será neste sábado em Bonito (MS)
MEIO AMBIENTE - JARDIM E BONITO
A condenação do rio da Prata, essencial para a biodiversidade em Jardim e Bonito (MS)
LOTERIA
Sul-mato-grossense ganha R$ 1 milhão na loteria da Caixa
STOCK CAR 2018
Bons retrospecto em MS anima pilotos da Cavaleiro Sports
CASO DE POLÍCIA
Boliviana denuncia estupro de criança de 8 anos em fazenda no Pantanal
CIDADES
Na contramão do nacional, MS registra queda na mortalidade materna
POLÍTICA
Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin
POLÍTICA
Aprovado projeto que proíbe pedófilos de concorrer em concurso estaduais
SAÚDE
CFM lança código de ética para estudantes de medicina
ECONOMIA
Empresários brasileiros buscam ampliar parcerias com o Paraguai