Menu
BANNER ANNA
sexta, 24 de janeiro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

"Cidade dos Gêmeos", no RS, é destaque hoje no jornal americano The New York Times

25 Mar 2011 - 12h44Por Estadão.com

A apresentação de uma possível solução para o mistério da "cidade dos gêmeos" gaúcha é destaque nesta sexta-feira no jornal americano The New York Times.

 

Reforçando o destaque internacional que o tema tem recebido pela imprensa mundial, a reportagem aguarda as revelações de um estudo conduzido para explicar o alto percentual de nascimento de gêmeos em Cândido Godói (RS), uma história que motivou várias especulações.

 

O mistério aumentou quando o jornalista argentino Jorge Camarasa, autor de uma biografia sobre o geneticista nazista Josef Mengele, sugeriu que o fenômeno poderia ter sido resultado dos experimentos realizados por ele durante uma suposta passagem pela região nos anos 1960.

 

Os moradores se perguntam também se se trata de alguma substância presente na água da cidade, segundo reza a lenda local.

 

"Um grupo de cientistas agora pode descartar esses rumores de longa data. Úrsula Matte, uma geneticista de Porto Alegre, afirma que uma série de testes de DNA conduzidos em 30 famílias a partir de 2009 identificou um gene específico entre a população de Cândido Godói que aparece mais frequentemente em mães de famílias com gêmeos que naquelas sem gêmeos", escreve o jornal americano.

 

"O fenômeno é reforçado por um alto nível de procriação consanguínea entre a população, composta quase inteiramente por imigrantes de língua alemã."

 

Os detalhes serão apresentados em um evento da prefeitura nesta sexta-feira, após dois anos de pesquisas conduzidas pelo Instituto Nacional de Genética Médica Populacional da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

 

A pesquisadora foi a primeira a registrar cientificamente o fenômeno, particularmente notável na pequena São Pedro, um vilarejo de 350 moradores perto de Cândido Godói. Entre 1990 e 1994, o percentual de nascimentos de gêmeos em São Pedro foi de 10%, comparado com a média nacional de 1%.

 

A pesquisa analisou certidões de nascimento de 80 anos atrás e concluiu que o fenômeno dos gêmeos já existia nos anos 1930, antes da suposta passagem de Mengele pelo sul do Brasil.

 

Estudos feitos na água local não mostraram nenhuma substância atípica. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO AQUIDAUANA
Defesa Civil monitora nível de água no Rio Aquidauana e já tem plano de ação em caso de enchente
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo do Estado abre processo seletivo interno para ingresso no curso de formação de sargentos da
BONITO - MS - MARCANDO PRESENÇA
Bonito (MS) participa da maior feira de viagens das Américas, mais de 35 mil operadores qualificados
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Cronograma é mantido e porto será inaugurado em fevereiro
ALERTA GERAL
Estudante leva picada de escorpião na bunda e dedo ao vestir short, 'São 24 horas de dor intensa'
TENSO
Sucuri de 85 quilos e sete metros é capturada em sala de máquina de usina
BONITO - MS - FOTOS
Confira as FOTOS da festa de carnaval da Montana Suplementos Minerais e Rações em Bonito (MS)
BONITO - MS - ESPORTE
Esportes e Associação APEGOS revitalizam campinho da rodoviária em Bonito (MS)
FATALIDADE
Adolescente ao manusear espingarda dispara e mata acidentalmente amigo de 13 anos em MS
QUE COISA
Homem destrói Jeep de R$ 110 mil um dia após comprar carro em MS