Menu
ASSOMASUL MAIO 2019
segunda, 27 de maio de 2019
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO

Cidadão já pode acompanhar, pela internet, como o dinheiro público está sendo gasto

21 Jul 2011 - 07h44Por Agência Brasil

A partir desta quarta-feira (20) a sociedade civil ganha uma ferramenta para acompanhar cada obra ou investimento com recurso público da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos em 2016. A página na internet do projeto Jogos Limpos Dentro e Fora dos Estádios permite que o cidadão tenha acesso às atividades e aos debates que estão sendo promovidos pelo governo e pela sociedade civil, às notícias sobre transparência e controle social e ao mapeamento das iniciativas ligadas aos eventos esportivos.

Os interessados poderão acompanhar também o estágio das obras, a origem dos recursos, quais são as empresas responsáveis pelo trabalho, se há denúncias de remoção forçada e se a obra está de acordo com os padrões de responsabilidade social e ambiental.

De acordo com o presidente do Instituto Ethos, que lidera a iniciativa, Jorge Luiz Abrahão, os investimentos que serão feitos para a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos são uma oportunidade para o Brasil, mas o país deve ficar atento, pois já há um aprendizado com os Jogos Pan-Americanos que ocorreram no Rio de Janeiro em 2007, nos quais os investimentos feitos não geraram uma herança positiva para o país.

“Foram investimentos pontuais e o legado que isso deixou foi questionável. Estamos diante de um processo que o investimento será muito maior, algo em torno de R$ 23 bilhões para a Copa do Mundo. E esse número ainda está sendo atualizado. Há entidades que acham que será muito maior”, disse Abrahão.

Ele ressaltou que, no início do processo, se dizia que a maior parte do dinheiro empregado seria privada e não pública, o que não está se confirmando. “Agora, a maior parte dos recursos é pública. Nesse sentido é importante que haja controle e acompanhamento desse recurso para que ele traga efetivamente o melhor resultado para a infraestrutura do país. É nesse contexto que o projeto Jogos Limpos ganha importância. O conceito do projeto está ligado às questões de transparência dos investimentos”.

O Jogos Limpos foi lançado pelo Ethos em dezembro de 2010 para aumentar a transparência e o controle social dos investimentos para os dois eventos esportivos. Para facilitar o trabalho, estão sendo formados comitês regionais de coordenação e mobilização nas doze cidades-sede da Copa, para acompanhar os gastos. Além disso, já foram criados três comitês temáticos: jurídico, atletas e esportes, e empresas e investidores.

“Os comitês são o olhar local sobre esses recursos, quais são os investimentos, como estão sendo feitos, que tipo de controle ocorre sobre os licenciamentos e formas de contratos”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VETO NA CÂMARA
Prefeito se manifesta a respeito de veto da Câmara em Bonito (MS)
CIDADES
Miss de MS vai representar o Brasil em concurso internacional
COMPORTAMENTO
Tribunal de Justiça lança campanha contra o feminicídio nesta segunda-feira
TURISMO
Governo irá premiar quem atua promovendo o turismo em Mato Grosso do Sul
POLÍCIA
Ladrões de gado que atacavam fazendas de MS são presos em flagrante
GERAL
Leitura que liberta: presos usam tempo ocioso do cárcere para ler livros e diminuir pena
EM FLAGRANTE
Cinco homens são presos com 19 cães de caça em MS
ASSASSINATO EM MS
Jovem morre com facada no peito durante festa em cidade do MS
BONITO - MS - FIB 2019
Festival de Inverno levará espetáculos para assentamentos e distritos de Bonito (MS)
BONITO - MS - VISITA ILUSTRE
Em Bonito (MS), Miss Brasil Júlia Horta destaca 'A energia daqui é inexplicável'