Menu
mutantes
quinta, 21 de maro de 2019
ASSOMASUL MARÇO
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Chuva e geada elevam em 50% preço das hortaliças

8 Jul 2011 - 11h47Por Diário MS

O consumidor que vai com frequência às frutarias e supermercados para comprar legumes e hortaliças em Dourados já está pagando mais caro pelos produtos. De acordo com os produtores da região, a alta se deve às geadas e o excesso de chuva dos últimos dias, prejudicando em até 30% a produção de alguns cultivares.

Entre os produtos mais afetados pelo clima estão o chuchu, a couve-flor, o brócolis e as vagens. Em alguns locais o preço da couve-flor, por exemplo, está sendo vendida à R$ 5,90 a peça. O chuchu é vendido a R$ 4,99 o quilo. Já o brócolis chega a custar R$ 4,90 a peça, enquanto que a vagem está a R$, 6,90 o quilo.

Já a produção de alface teve perda de até 70% em algumas regiões. “Se voltar a ocorrer geada a tendência é que aumente o preço da folhagem ao varejista, inclusive, podendo faltar nas prateleiras”, avalia a produtora Geraldina Zotardi.

De acordo com a gerente de uma frutaria, Rosangela Busa, na medida em que os produtos começarem a faltar é natural o aumento nos preços, principalmente dos legumes e hortaliças mais sensíveis a queda de temperatura. “De três fornecedores de folhagens, um atingiu o percentual de perda de 100% e outros dois chegaram a ter 30% de prejuízo”, relatou.

Já no caso do tomate, em algumas localidades o prejuízo chegou a 5%. O quilo do produto está sendo vendido nas prateleiras até R$ 4. “Daqui a 20 dias vamos começar a colheita, quando vamos avaliar o valor repassado aos varejistas”, afirma o produtor Shiro Taningushi.

Para a consumidora Ivani de Souza, os preços dos legumes estão acima do orçamento previsto. “Tenho o costume de comprar em supermercados e frutarias em dias de promoção, mas mesmo assim está muito caro”, constatou.

PREVISÃO

Para os próximos dias, segundo o Cemtec/MS (Centro Estadual de Monitoramento do Tempo, Clima e Recursos Hídricos) a previsão é que a massa de ar polar no Estado se afaste no decorrer dos dias em grande parte das regiões. No período da manhã as temperaturas e a umidade relativa do ar devem permanecer baixas na maioria dos municípios. Com a perda de intensidade da massa polar está descartada a possibilidade de geadas no sul de Mato Grosso do Sul. Segundo o Cemtec o tempo deve continuar sem chuvas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LAVA JATO
#AGORA: Michel Temer é preso pela Lava Jato; PF faz buscas por Moreira Franco
BONITO - MS - INTERDITADOS
Forte chuva interdita balneários em Bonito (MS)
BONITO - MS - EM ESTADO DE ATENÇÃO
Imasul e Defesa Civil colocam Bonito (MS) em estado de atenção
EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA
Após criar drone, estudante de MS é selecionado para evento no Japão
CIDADES
Motorista tomba caminhão carregado de frutas ao desviar de buraco na MS-276
ESPORTES
Aquidauanense é punido, perde pontos e muda confrontos no Estadual de futebol
LOTERIA
Aposta de Salvador faturou mais de R$ 32 milhões na Mega-Sena
CUIDADOS
Outono tem início e especialistas do Detran-MS alertam sobre cuidados para dirigir com neblina/chuva
ESPORTES
Fórum de Políticas Públicas do Esporte reunirá gestores e representantes da área esportiva do MS
TECNOLOGIA
Com versão eletrônica pioneira no país, Diário Oficial comemora 10 mil edições em 2019