Menu
segunda, 19 de agosto de 2019
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
Perda de 1 milhão t

Chuva acaba com supersafra de soja de MS

10 Mar 2011 - 09h07Por Campo Grande News

As chuvas dos últimos dias mandaram para o ralo a previsão da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) de colheita de 5,6 milhões de toneladas de soja em Mato Grosso do Sul, que já vinha sendo chamada de “supersafra”.

“Se chegar a 5 toneladas, eu dou um beijo na careca de São Pedro”, afirmou o governador André Puccinelli, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, na sede do Poder Executivo. “A super safra já não existe”, lamentou.

Segundo Puccinelli, existe previsão de perda de até 1 milhão de toneladas de soja.

“A situação não é boa”, confirmou a secretária Tereza Cristina Correa da Costa (Desenvolvimento Agrário, da Produção e Turismo).

Ela acrescentou que somente na segunda-feira será possível ter uma idéia do tamanho do prejuízo.

O governo do Estado já declarou emergência nas lavouras atingidas, com o objetivo de facilitar o acesso ao crédito para os agricultores e a renegociação dos débitos.

Além disso, os municípios de Bandeirantes, São Gabriel do Oeste, Maracaju e Rio Brilhante também estudam decretar estado de emergência por conta das perdas na safra.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - SAÚDE
Confira as unidades de Saúde que não abrem nesta 3ª e 4ª em Bonito (MS)
AGORA DEU MEDO
Velório é interrompido após morto 'apertar' mão da esposa
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Jovem caminhoneira morre em acidente e comove colegas de toda a região
Fatalidade
Homem bate carro em poste e morre; três ficam feridos
A CULPA NÃO É DA VÍTIMA
Mulher estuprada por dois homens em matagal
Achado de cadáver
Ossada de rapaz desaparecido há um ano é encontrada em MS
DESOBEDIÊNCIA
‘Tenho amizades políticas e posso ferrar vocês’: homem ameaça polícia e vai preso em Bonito
Confusão
Criança de 1 ano leva chute de mãe durante briga de casal em Bonito (MS)
Capotamento
Homem capota carro e morre em avenida de MS
CALOR
Segunda-feira promete ser quente em Bonito (MS); máxima deve ser de 31°C