Menu
KAGIVA
quinta, 20 de setembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Chega ao fim a era dos ônibus espaciais dos Estados Unidos

19 Jul 2011 - 17h46Por Jornal do Brasil

O ônibus espacial Atlantis e sua equipe de quatro astronautas se despediram de seus colegas da Estação Espacial Internacional (ISS) nesta segunda-feira, um dia antes de iniciarem a viagem de volta a Terra que vai marcar o fim do programa de ônibus espaciais dos Estados Unidos.

A câmara de descompressão que separa o Atlantis da Estação Espacial Internacional (ISS) foi fechada às 14h28 GMT (11h28 de Brasília), quase uma hora depois do horário previsto, concluindo a visita de oito dias à Estação, a 37ª da história.

Pouco antes, os quatro astronautas do Atlantis - três homens e uma mulher - se despediram de seus seis colegas da ISS em uma cerimônia com calorosos abraços.

"Fechamos esta câmara e um capítulo da história de nossa nação", disse um dos dois astronautas americanos da equipe permanente da ISS, segundo as imagens transmitidas pela rede de televisão da Nasa.

"No futuro, quando outra nave espacial (americana) acoplar nesta estação, com uma nova tripulação, e que esta câmara de descompressão abrir, vamos começar uma nova era", disse o comandante Chris Ferguson.

"Quando esta bandeira algum dia for levada de volta à Terra por astronautas que tenham vindo numa nave americana, sua jornada não vai acabar aqui", acrescentou.

"A jornada vai continuar, ela vai seguir além da órbita da Terra mais uma vez, talvez tendo a lua como destino, ou mesmo Marte. É uma honra ter trazido a bandeira aqui", disse.

A missão do Atlantis levou a bandeira dos Estados Unidos que esteve a bordo da primeira viagem da nave Columbia no espaço, em 1981.

A bandeira foi pendurada na porta da câmara de descompressão da estação - onde o Altantis acoplou - e vai continuar lá até a próxima visita de uma nave americana, que provavelmente será construída pelo setor privado associado à Nasa. Isso deve ocorrer a partir de 2015.

Por enquanto, astronautas com destino à ISS terão que pegar carona no foguete russo Soyuz, ao custo de mais de 50 milhões de dólares por pessoa.

O principal objetivo da missão do Atlantis - a número 125 e última de um ônibus espacial americano - foi fornecer alimentos e equipamentos, suficientes para pelo menos mais um ano, à tripulação de seis pessoas da ISS.

Durante a estadia no espaço, Atlantis descarregou do módulo pressurizado Raffaello - ligado à ISS - 4,2 toneladas de mercadorias, equipamentos e peças de troca. Destas, 1,2 toneladas eram alimentos.

Quando módulo foi esvaziado, os astronautas o encheram com outras 2,57 toneladas de resíduos que serão trazidos à Terra.

Esta tarefa deixou os tripulantes da ISS e do Atlantis ocupados por toda a semana.

Nesta missão, dois astronautas da estação espacial realizaram uma saída orbital. O módulo Raffaello, que mede 6,4 metros de cumprimento e 4,5 metros de diâmetro, foi reintegrado ao Atlantis com o uso do braço mecânico da estação na manhã de domingo.

Os astronautas do Atlantis foram dormir às 17H30 (14H30 em Brasília) e vão acordar às 1H59 (22H59 de segunda-feira em Brasília). A desacoplagem está prevista para as 6H28 GMT (3h28 de Brasília).

Se as condições meteorológicas forem favoráveis, o Atlantis deve chegar ao Centro Espacial Kennedy, na Flórida, no dia 21 de julho pouco antes das 10H GMT.

Esta missão de 13 dias do Atlantis marca o fim do programa de ônibus espacial, em vigor há três décadas.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

TURISMO
9º MATURISHOW será de 20 a 23 de setembro em Bonito
DOURADOS - DESUMANIDADE
Após acidente, pessoas ignoram vítima fatal e roubam carga de abacaxi em Dourados
BABADO DOS FAMOSOS
Anitta recebe ameaças ao seguir amiga nas redes sociais que vota em Jair Bolsonaro
BONITO - MS - FOTOS SESSÃO DA CÂMARA
Confira as fotos da sessão da Câmara desta terça-feira em Bonito (MS)
SEGUNDO O IBGE
Falhas no saneamento causam surtos de doenças em 26 cidades de MS
GOVERNO DO ESTADO DO MS
Governo de MS abrirá 10 concursos públicos para PM e Bombeiro
CIDADES
Fotógrafo que perdeu voo por atraso guarda registros há 44 anos da maior tragédia aérea de MS
TECNOLOGIA
Instagram lança botão para compras de usuários pelo stories da rede social
POLÍTICA
Com renúncias e mudanças, disputa eleitoral em MS envolve 509 candidatos
CIDADES
Polícia prende quadrilha que roubava caminhões e levava para o Paraguai