Menu
mutantes
quinta, 25 de abril de 2019
ASSOMASUL MARÇO
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO

CCJ aprova PEC sobre fim de coligações partidárias em eleições proporcionais

6 Out 2011 - 11h16Por Agência Brasil

A proposta de emenda à Constituição (PEC) que prevê o fim das coligações partidárias recebeu, ontem (5), novo aval da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. O texto, que já estava no plenário da Casa, tinha retornado à comissão para que fossem analisadas três emendas de autoria do senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE).

As emendas, todas rejeitadas, tratavam de um mesmo assunto. O senador propunha que, diante da proposta de fim das coligações para eleições proporcionais, os partidos passassem a poder se reunir em federações. Após se unirem, as agremiações passariam então a atuar como um único partido.

A sugestão foi rejeitada pelos senadores da CCJ que consideraram que a finalidade seria a mesma das coligações eleitorais. “Temos que fazer uma opção com clareza: queremos construir partidos políticos ou queremos sustentar promiscuidades partidárias existentes na política brasileira?”, indagou o líder do PSDB, senador Álvaro Dias (PR).

O líder do PCdoB, senador Inácio Arruda (CE), chegou a defender a manutenção das coligações como única forma de sobrevida para os pequenos partidos. “O caminho não é o da restrição”, sustentou. Mas o pleito dos pequenos partidos não foi atendido pelo relator da matéria, senador Valdir Raupp (PMDB-RO). Na opinião dele, o fim das coligações partidárias para eleições proporcionais – de deputados e vereadores – irá fortalecer as agremiações, que passarão a manter seus programas partidários.

A PEC, que faz parte do conjunto de propostas da reforma política no Senado, voltará agora para ser apreciada pelo plenário, onde precisará passar por cinco sessões de discussão antes de ser votada em dois turnos. Para ser aprovada, ela precisa receber voto favorável de 49 senadores. O texto mantém a possibilidade de coligações para eleições majoritárias – para chefes do Poder Executivo e senadores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Anão do crime mobiliza até elite da PM para sua prisão em MS
POLÍTICA
Para bancada de MS, barganha para Reforma da Previdência é fake ou crime
CIDADES
Com 26 mil notificações em MS, casos de dengue apresentam tendência de queda
POLÍCIA
Polícia Civil prendeu 193 pessoas em MS durante operação nacional
GERAL
Avianca não opera em Mato Grosso do Sul a partir de segunda-feira
EMPREGOS E CONCURSOS
Governo confirma edital do concurso dos bombeiros e PM para próxima semana
POLÍTICA
‘Não pode faltar investigação’, diz Raquel Dodge no MPMS sobre pressão de políticos
RIO DA PRATA - MS
Conheça os melhores pontos do Rio da Prata, atrativo próximo a Bonito (MS)!
BONITO - MS - INSCRIÇÕES ABERTAS
Bonito (MS) receberá o 1º Open de Squash em maio, inscrições já estão abertas
TURISMO
Na região Norte, rota “Cerrado Pantanal” quer ser novo destino turístico de MS