Menu
KAGIVA
tera, 23 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Cassems reajusta valor da consulta a partir desta 2ª feira

1 Ago 2011 - 09h15Por Campo Grande News

A Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores Estaduais de Mato Grosso do Sul) reajusta o preço da consulta em 114% a partir desta segunda-feira, primeiro de agosto.

O valor do fator moderador - parte paga pelo segurado que vai direto para os médicos, dentistas e outros profissionais - vai passar de R$ 7 para R$ 15. Desta forma, os profissionais vão receber R$ 48 por consulta.

Os médicos e dentistas pressionam o plano de saúde para obter remuneração entre R$ 60 e R$ 70 por consulta.

A Cassems atende a mais de 160 mil pessoas, entre servidores públicos estaduais da ativa, aposentados, pensionistas e agregados. O desconto no salário do servidor é de 5,25%.

A receita do plano de saúde é composta ainda pelo repasse do governo, que vai subir de 3% para 3,5% sobre a folha de pagamento. O aumento representa mais R$ 800 mil na arrecadação mensal.De forma gradual, a contribuição do governo deve chegar a 4,5%.

 
 
 
 
 
 
Saiba Mais

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA PESQUISA - GOVERNO DO MS
Azambuja mantém liderança no 2º turno em nova pesquisa divulga hoje terça 23 de outubro
POLÍTICA - DEPOIMENTO
VÍDEO: seção judiciária chefiada por Odilon foi investigada por venda de armas apreendidas
BONITO - MS
Campanha reúne fundos para conserto da Van da Pestalozzi em Bonito
A FAZENDA 10 - CLIMA QUENTE
A Fazenda 10: Nadja e Gabi trocam farpas, modelo se revolta quebra prato e confusão toma conta
RETA FINAL - NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Karola pode morrer no final de Segundo Sol; saiba mais
BONITO - MS - BEACH TENNIS
Bonitenses fazem bonito e campeões são definidos na 4ª etapa do estadual de Beach Tennis
TELEFONIA
STF julga inconstitucional lei de MS que proíbe tempo para uso de crédito de celular
POLÍTICA
Deputados analisam veto sobre recorrer de multa pela internet
SAÚDE
Serviço de vacinação é oferecido pela primeira vez em farmácias
EMPREGOS
Em MS, mulheres ganham em média 8% a menos do que os homens