Menu
KAGIVA
quarta, 15 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Casas prometidas para os flagelados das chuvas no Rio de Janeiro ficam para 2012

12 Ago 2011 - 14h19Por Revista Veja online

As 7.000 casas prometidas pelo Governo do Rio de Janeiro aos flagelados da região serrana só começarão a ser construídas em outubro. O prazo foi confirmado nesta quinta-feira pelo subsecretário de Projetos de Urbanismo Regional e Metropolitano da Secretaria de Estado de Obras, Vicente de Paula Loureiro. Ele depôs na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa do Rio que investiga os responsáveis pela tragédia, no início do ano.

Segundo Loureiro, as novas construções devem ficar prontas entre abril e dezembro do ano que vem. O preço médio de cada casa ficará em torno de 50.000 reais. Na semana passada, o vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, informou que serão necessários 680 milhões de reais para que a região serrana "volte a ser como antes". O governo estadual investirá 300 milhões de reais na construção das 7.000 casas.

Durante a sessão plenária da última terça-feira, o Tribunal de Contas do Rio (TCE-RJ) decidiu, por unanimidade, que os municípios atingidos pelos temporais serão obrigados a informar como foram aplicadas as verbas destinadas às obras de recuperação. Segundo o TCE-RJ, um relatório preliminar mostrou "claros indícios de irregularidades e impropriedades no uso dos recursos".

"São 200 milhões de reais em verbas federais, 230 milhões de reais em verbas estaduais e 14 milhões de reais em verbas municipais, além de 7 milhões de reais em doações particulares", informou um assessor do TCE-RJ. Até agora, a soma é de 451 milhões de reais destinados à região serrana. "Os auditores do TCE-RJ não encontraram documentos ou contratos que comprovem a utilização de cerca de 77 milhões de reais desse total", informou o assessor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STOCK CAR 2018
Bons retrospecto em MS anima pilotos da Cavaleiro Sports
CASO DE POLÍCIA
Boliviana denuncia estupro de criança de 8 anos em fazenda no Pantanal
CIDADES
Na contramão do nacional, MS registra queda na mortalidade materna
POLÍTICA
Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin
POLÍTICA
Aprovado projeto que proíbe pedófilos de concorrer em concurso estaduais
SAÚDE
CFM lança código de ética para estudantes de medicina
ECONOMIA
Empresários brasileiros buscam ampliar parcerias com o Paraguai
EDUCAÇÃO
Resolução libera curso Técnico de Hospedagem em polo de escola no interior do Estado
CULTURA
Publicado edital de seleção para artesãos participarem do Salão do Artesanato em São Paulo
BONITO - MS - PODAS ORNAMENTAIS
Empresas credenciadas poderão realizar podas ornamentais em Bonito (MS)