Menu
ITALÍNEA DOURADOS
segunda, 18 de junho de 2018
KAGIVA
Busca

Carlos Alberto garante empate ao Grêmio e dança à la Kidiaba

18 Mar 2011 - 10h01Por Folha.com

O Grêmio saiu atrás do placar, mas conseguiu empatar com o peruano León de Huánuco por 1 a 1, fora de casa, nesta quinta-feira, pela quarta rodada do Grupo 2 da Taça Libertadores.

Na comemoração do gol, o meia Carlos Alberto, que balançou as redes, e o lateral Gabriel sentaram no gramado. Eles fizeram uma dança semelhante à feita pelo goleiro Kidiaba, do Mazembe, com os pulinhos, na eliminação do Internacional no Mundial de Clubes.

 

Com o empate, o time brasileiro possui sete pontos, enquanto o León tem quatro. O Junior Barranquilla (COL) lidera com 9 e o Oriente Petrolero (BOL) é o lanterna, com zero. Junior e Oriente se enfrentam na noite desta quinta-feira, às 23h45 (horário de Brasília).

Na próxima rodada, o Grêmio recebe o Junior Barranquilla, em Porto Alegre, em partida marcada para o dia 7 de abril.

A última participação gremista nesta fase será contra o Oriente Petrolero, em Santa Cruz de la Sierra, no dia 14.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES GERALDO RESENDE
Geraldo integra comitiva de Reinaldo em Anaurilândia, Amambai e Batayporã
MS - CONCURSO CHEGANDO
Edital de concurso com 1,5 mil vagas para Educação deve ser finaliza essa semana pelo governo do MS
PREVISÃO DO TEMPO
Frente fria deixa MS e temperatura sobe aos poucos durante a semana, Confira a previsão
NA FRONTEIRA
Dado como morto, jovem surpreende a família ao aparecer no próprio velório
BONITO - MS - SALVAMENTO
Polícia Militar salva mulher soterrada em buraco em Bonito (MS)
BONITO - MS - CULTURA
Espaço Cultural Bonito, MS será inaugurado neste sábado no município
DOURADOS - OKA PISOS E ACABAMENTOS
Confira os ganhadores de duas TVs de 60 polegadas da OKA Pisos e Acabamentos de Bonito (MS)
AMEÇAS NA COPA DA RÚSSIA
Estado Islâmico ameaça cometer atentado na Copa da Rússia
ATENTADO - PREFEITO DE MS
Prefeito de cidade do MS sofre atentado a tiros na fronteira com Paraguai
CENAS
Leia a crônica de Oswaldo Barbosa de Almeida: "1966"