Menu
ASSOMASUL MAIO 2019
domingo, 26 de maio de 2019
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO

Capital fará concurso para nutricionistas; existe uma efetiva para 100 mil alunos

30 Set 2011 - 10h03Por Campo Grande News

Depois do episódio de intoxicação na escola municipal Iracema Maria Vicente, no bairro Rita Vieira, em Campo Grande, a Secretaria Municipal de Educação anunciou nesta quinta-feira que vai abrir concurso para contratar em média 15 nutricionistas.

O número de profissionais para as escolas é bem abaixo do exigido por lei, inclusive legislação municipal, que prevê uma nutricionista para até cinco mil alunos. Apenas uma nutricionista é ligada a prefeitura e atende 77 mil crianças, outras quatro são terceirizadas e são responsáveis por 23 mil estudantes.

A secretária Maria Cecília Amêndola da Mota disse que o concurso, ainda sem previsão para acontecer, depende da elaboração do plano de cargos e remunerações da Secretaria Municipal de Educação.

“Estamos montando uma gestão de apoio educacional que haverá um núcleo para a nutrição escolar”, explica.

Ainda de acordo com a secretária, o plano ainda nem começou a ser discutido, mas a previsão é de que comece este ano e o concurso seja aberto em 2012.

“Ainda será encaminhada a orientação para elaborar o plano, e em cima dessa reformulação abrimos o concurso. Será seguindo a legislação, em torno de 15”, acredita.

Mesmo com a lei municipal, de autoria do vereador Cristóvão Silveira (PSDB), que prevê um profissional de nutrição para cada grupo de 5 mil alunos, em vigor desde dezembro do ano passado, o número de profissionais não corresponde ao determinado.

Segundo o vereador, quando a lei foi promulgada o orçamento de 2011 já estava previsto.

“A lei não é aplicada em função do orçamento, porque demanda verba da prefeitura, mas acredito que pelas próprias circunstâncias, o orçamento vai implementar essa lei para o ano que vem”, ressalta.

Para o parlamentar, a lei já começa a ser executada a partir do anúncio da contratação de mais nutricionistas.

Caso - Estudantes tiveram dor de cabeça, diarréia e vômito, por volta das 14h30 desta terça-feira, na escola municipal Iracema Maria Vicente. No total 180 crianças foram vítimas de intoxicação e as causas ainda estão sendo analisadas. Uma das hipóteses apresentadas já foi descartada, de que a água tomada pelos alunos seria imprópria para o consumo ou teria alguma bactéria.

A Prefeitura abriu sindicância interna, acionou a Polícia Civil para investigar o caso, suspendeu as aulas na escola e determinou a retirada do cardápio dos alimentos suspeitos.

Mais de 10 equipes dos bombeiros e do Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência) foram envolvidas. Na escola, o clima foi de pânico com pais e parentes das crianças chegando a todo o momento em busca de informações. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA ILUSTRE
Em Bonito (MS), Miss Brasil Júlia Horta destaca 'A energia daqui é inexplicável'
COISA DE DOIDO
VÍDEO: Sucuri ataca bombeiro durante resgate, ASSISTA!
BONITO - MS - CASO DE POLÍCIA
Homem é preso por ameaçar mãe de 67 anos e desobedecer medida protetiva judicial em Bonito (MS)
BODOQUENA - MS - MARIA DA PENHA
Maria da Penha nele: Rapaz agride esposa e é preso pela Polícia Militar em Bodoquena (MS)
JARDIM - MS - TRÁFICO DE DROGAS
PM prende 3 com mais de 300 quilos de maconha no Distrito do Boqueirão em Jardim (MS)
MIRANDA - MS - AÇÃO DA PMR
Ação da PMR prende jovem armado e várias passagens pela polícia na MS-339 em Miranda
POWER COUPLE 4
Power Couple: Eliéser tem ataque de fúria, parte para cima de Folhas e deixa Gugu assustado; VEJA
GASOLINA MAIS BARATA
Petrobras reduz preço da gasolina na refinaria em 4,4% a partir deste sábado
FRIO CONTINUA NO MS
Temperaturas podem variar entre 4°C a 32°C neste fim de semana em Mato Grosso do Sul
FEMINICÍDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento