Menu
KAGIVA
quinta, 16 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
Dourados

CANASUL: Congresso deve movimentar mais de R$ 5 milhões em Dourados

Teve início nesta segunda-feira (07) em Dourados o CANASUL

8 Nov 2011 - 14h46Por dourados agora

Teve início nesta segunda-feira (07) em Dourados o CANASUL (Congresso da Cana de Mato Grosso do Sul) edição 2011, que segue até quarta-feira com 12 palestras, uma amostra de produtos para o setor sucroenergético e rodada de negócios.

O evento que acontece no centro de eventos da Unigran, no Jardim Universitário, contou, em sua abertura, com a presença do prefeito, Murilo Zauith, dos senadores Moka e Delcídio, do deputado estadual Laerte Tetila e de diversas autoridades e empresários no setor sucroenergético.

O palestrante da noite foi Ricardo Dornelles, diretor do Departamento de Combustíveis Renováveis do Ministério de Minas e Energia. Para Dornelles, o evento serve para mostrar a força e a capacidade de desenvolvimento do setor em MS, mas principalmente na região da Grande Dourados.

A fala das autoridades seguiu o mesmo tom: Dourados enquanto cidade com capacidade para ser um dos principais pólos do setor no Brasil. Para o senador Moka, o município pode ser considerado como sendo a ‘Capital Financeira’ de MS. Delcídio foi na mesma linha, dizendo que o município tem todas as condições de se desenvolver no setor, podendo estar entre os três maiores pólos sucroenergéticos.

Para Murilo, o esforço de levar o CANASUL para o Município será recompensado com as negociações e investimentos decorrentes do Congresso, que tem continuidade nesta terça e quarta-feira. A mostra de produtos e serviços, organizada pelo Sebrae, acontece de hoje a quarta-feira, das 13h às 18h.

Ao todo são 20 estandes de empresas prestadoras de serviços e fornecedoras voltadas para o setor sucroenergético. Nesta terça-feira (08) tem a reunião mensal Gegis (Grupo de Estudos em Gestão Industrial do Setor Sucroalcooleiro), das 8h às 12h, durante o evento.

Para o prefeito, Dourados, devido a sua posição privilegiada, estando próxima da fronteira com o Paraguai e os Estados do Paraná e São Paulo, deve desenvolver a indústria com visão voltada para a exportação, mas também para a geração de renda para os munícipes. “Vamos investir em formação para que os empregos gerados na implantação das usinas e indústrias que vem com a cana fiquem com a população douradense”, afirmou o prefeito.

Nesta terça-feira o governador André Puccinelli deve participar do CANASUL, conforme afirmou o senador Moka em sua fala.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Com fim da hegemonia da TV, internet pode ser decisiva nestas eleições
POLÍTICA
TSE registra mais de 23 mil candidatos às eleições de outubro
BONITO - MS - ATENÇÃO MÃES
Dia 'D' contra poliomielite e sarampo será neste sábado em Bonito (MS)
MEIO AMBIENTE - JARDIM E BONITO
A condenação do rio da Prata, essencial para a biodiversidade em Jardim e Bonito (MS)
LOTERIA
Sul-mato-grossense ganha R$ 1 milhão na loteria da Caixa
STOCK CAR 2018
Bons retrospecto em MS anima pilotos da Cavaleiro Sports
CASO DE POLÍCIA
Boliviana denuncia estupro de criança de 8 anos em fazenda no Pantanal
CIDADES
Na contramão do nacional, MS registra queda na mortalidade materna
POLÍTICA
Para eleitores, 2º turno a presidente será entre Bolsonaro e Alckmin
POLÍTICA
Aprovado projeto que proíbe pedófilos de concorrer em concurso estaduais