Menu
KAGIVA
sbado, 19 de janeiro de 2019
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
UNIPAR_PC
Dourados

CANASUL: Congresso deve movimentar mais de R$ 5 milhões em Dourados

Teve início nesta segunda-feira (07) em Dourados o CANASUL

8 Nov 2011 - 14h46Por dourados agora

Teve início nesta segunda-feira (07) em Dourados o CANASUL (Congresso da Cana de Mato Grosso do Sul) edição 2011, que segue até quarta-feira com 12 palestras, uma amostra de produtos para o setor sucroenergético e rodada de negócios.

O evento que acontece no centro de eventos da Unigran, no Jardim Universitário, contou, em sua abertura, com a presença do prefeito, Murilo Zauith, dos senadores Moka e Delcídio, do deputado estadual Laerte Tetila e de diversas autoridades e empresários no setor sucroenergético.

O palestrante da noite foi Ricardo Dornelles, diretor do Departamento de Combustíveis Renováveis do Ministério de Minas e Energia. Para Dornelles, o evento serve para mostrar a força e a capacidade de desenvolvimento do setor em MS, mas principalmente na região da Grande Dourados.

A fala das autoridades seguiu o mesmo tom: Dourados enquanto cidade com capacidade para ser um dos principais pólos do setor no Brasil. Para o senador Moka, o município pode ser considerado como sendo a ‘Capital Financeira’ de MS. Delcídio foi na mesma linha, dizendo que o município tem todas as condições de se desenvolver no setor, podendo estar entre os três maiores pólos sucroenergéticos.

Para Murilo, o esforço de levar o CANASUL para o Município será recompensado com as negociações e investimentos decorrentes do Congresso, que tem continuidade nesta terça e quarta-feira. A mostra de produtos e serviços, organizada pelo Sebrae, acontece de hoje a quarta-feira, das 13h às 18h.

Ao todo são 20 estandes de empresas prestadoras de serviços e fornecedoras voltadas para o setor sucroenergético. Nesta terça-feira (08) tem a reunião mensal Gegis (Grupo de Estudos em Gestão Industrial do Setor Sucroalcooleiro), das 8h às 12h, durante o evento.

Para o prefeito, Dourados, devido a sua posição privilegiada, estando próxima da fronteira com o Paraguai e os Estados do Paraná e São Paulo, deve desenvolver a indústria com visão voltada para a exportação, mas também para a geração de renda para os munícipes. “Vamos investir em formação para que os empregos gerados na implantação das usinas e indústrias que vem com a cana fiquem com a população douradense”, afirmou o prefeito.

Nesta terça-feira o governador André Puccinelli deve participar do CANASUL, conforme afirmou o senador Moka em sua fala.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOENÇA DO SÉCULO
Após escrever bilhete e trocar mensagens com a namorada, jovem comete suicídio em Rio Brilhante
CONTAS SUBIRAM ALÉM DA CONTA
Procon/MS notifica Energisa por altas abusivas na conta de energia
PREVISÃO DO TEMPO
Defesa Civil emitiu alerta sobre chuvas intensas para este sábado e domingo em todo MS
SITUAÇÃO CONTURBADA
Datena é acusado de assédio sexual por ex-repórter da Band
NA CAPITAL DO ESTADO
Homem de 60 anos atira na ex e se joga de cachoeira em Campo Grande
RAIOS E TEMPORAL
Tempo vira e raio atinge residência de vereador e causa prejuízos em cidade do MS
BONITO - MS - AÇÃO DA POLÍCIA MILITAR
Abordagem rende duas prisões, uma com mandato e outra de bebida alcoólica a menor em Bonito (MS)
BONITO - MS - MARIA DA PENHA
Mais uma ocorrência de violência doméstica é registrada e armas de fogo apreendida em Bonito (MS)
BONITO - MS - LUTO
Bonito (MS) perde a 'lenda viva' Felipe Barbeiro, familiares pedem orações
POLÍCIA
Carreta com 4,6 toneladas de maconha que saiu de MS é apreendida em SP