Menu
KAGIVA
segunda, 17 de dezembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
UNIPAR_PC

Campo Grande tomba mais 22 árvores como patrimônio cultural

24 Ago 2011 - 16h13Por MS Notícias

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, realizou na segunda-feira (22) o tombamento de 22 árvores do canteiro central da avenida Mato Grosso. A decisão foi tomada após solicitação do Ministério Público Estadual (MPE), que indicou o tombamento das árvores como patrimônio histórico, cultural e paisagístico da cidade.

As árvores têm entre 54 e 74 anos, são da espécie Ficus microcarpa e estão no trecho entre a avenida Calógeras e a rua Pedro Celestino.

O tombamento dessas árvores, o segundo da Capital visa o incentivo à arborização e ao fortalecimento de Campo Grande como uma cidade verde. O primeiro foi de uma árvore Tamboril (Enterolobium contortisiliquum), plantada na rua da Paz quase esquina com a rua Rio Grande do Sul, no Jardim dos Estados. Ela passou a ser considerada patrimônio paisagístico da cidade em junho de 2009. A árvore Tamboril teria aproximadamente 60 anos e a madeira dessa espécie é usada na fabricação da viola de coxo, um dos instrumentos mais tradicionais do Estado.

Para o prefeito, o tombamento das árvores seria uma forma de preservar nossa cultura, história e a natureza. “Hoje, nós ouvimos falar tanto de preservação da natureza. Realizando esse ato de tombamento é também um ato de ajudar nossa cidade a crescer e viver bem e melhor, já que a nossa cidade é considerada uma Capital bem arborizada. Espero que a população se orgulhe de ter árvores tão bem cuidadas e, agora, preservadas perante a lei, que de alguma forma faz contar nossa vivência durantes tantos anos”, considerou.

De acordo com o chefe do Núcleo de Patrimônio Cultural da Fundac, Rubens Costa Marques, o ato do tombamento das árvores existentes na Capital faz com que a população conheça mais da nossa história e do cuidado que o Executivo e a própria população tem que ter com a preservação das espécies. “As árvores seriam o imaginário campo-grandense, pois sabemos que nossa cidade hoje consiste em grande porcentagem de espaço verde. O tombamento das árvores é um instrumento legal de preservação de espécies vegetais de porte arbóreo. Hoje, qualquer cidadão pode requerer junto à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Fundac o tombamento de árvores.

Segundo essa lei, qualquer árvore poderá ser declarada imune de corte, mediante ato do poder público, por motivo de localização, beleza, raridade e condição de porta-sementes, bem como boas condições fitossanitárias e área de projeção da copa livre, explica o chefe.

Para se chegar ao tombamento, o chefe de Patrimônio Cultural explica que são feitas algumas práticas até se chegar à lei. “As pessoas ou órgãos interessados em realizar um tombamento de árvores devem direcionar o pedido a Fundac ou Semadur. A secretaria fará uma visita técnica junto com peritos ao local, onde fará um laudo sanitário sobre as condições do local, canteiro ou árvore. Realizada essa visita, os peritos pegarão os dados e transformarão em projeto de apresentação para, assim, ser entregue ao prefeito e decretado o tombamento”, explica.

Para tombamento existem três esferas: a municipal, estadual e federal. O tombamento das árvores da avenida Mato Grosso é da esfera municipal. Campo Grande possui, segundo estimativa da prefeitura, cerca de 153 mil árvores, muitas tipificadas como "notáveis".
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

13º CHEGANDO
Governo de MS confirma pagamento do 13º salário nesta terça-feira
BONITO - MS - TENTATIVA DE SUICÍDIO
Jovem sobe em torre de telefonia para tentar suicídio, PM resgata antes em Bonito (MS)
CIDADES
Motorista com destino a SP perde controle da direção e tomba carreta carregada de celulose na BR-158
CIDADES
Na saída de boate, mulher aponta arma na cabeça de vítima e foge após roubar pertences em MS
MEIO AMBIENTE
Fique atento! Certas árvores podem oferecer riscos para pessoas e animais
OPORTUNIDADES
MS tem 5 concursos abertos e salários de até R$ 9,4 mil nesta semana
GERAL
Defesa deve pedir hoje prisão domiciliar para João de Deus
ECONOMIA
Receita paga hoje as restituições do último lote do IRPF 2018
TEMPO E TEMPERATURA
Segunda-feira de céu parcialmente nublado e temperaturas de até 39º
"SÓ TENHO ELE" - DIZ CATADOR
MS: Catador que criou Batfusca com restos de lixo põe carro à venda por não conseguir manter família