Menu
ITALÍNEA DOURADOS
domingo, 9 de dezembro de 2018
KAGIVA
Busca

Caminhonete roubada de empresário em Maceió é recuperada em MS

19 Mai 2011 - 08h12Por Campo Grande News

 

Caminhonete pertecente a empresário de Alagoas e foi recuperada em Terenos. (Foto: Divulgação)

Policiais rodoviários federais pararam o veículo durante fiscalização de rotina e constataram que era produto de roubo.Uma caminhonete Toyota Hilux roubada de um empresário no início deste mês, em Maceió, Alagoas, foi recuperada nesta quarta-feira, na BR-262, em Terenos.

No momento da abordagem a caminhonete estava com placas de Porto Calvo, Alagoas, porém, as verdadeiras são da capital alagoana, e era dirigida por um rapaz de 24 anos.

O jovem foi preso. De acordo com a PRF, ele declarou que iria entregar o veículo em Corumbá, mas não soube precisar o endereço exato.

A Toyota Hilux foi roubada da vítima quando ele saía de sua empresa. O autor do assalto, um adolescente, mostrou uma arma de fogo para o empresário, obrigando-o a sair do carro

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DA G.M DE BONITO
Guarda Municipal de Bonito prende condutor embriagado em flagrante
AÇÕES DA GUARDA MUNICIPAL DE BONITO
Menores são presos por estarem destruindo o patrimônio público em Bonito
CONCURSOS
EDITAL da Polícia Militar abre 120 vagas com salário de R$ 5.769,42
TECNOLOGIA - ANDROIDS
Estes 22 apps detonam a bateria de milhões de Androids; veja a lista
BONITO - MS - NO JAPÃO - MMA
Bonitenses Sidy Rocha e a Edna Trakinas lutam neste domingo em Tokyo no Japão
BONITO - MS - AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governador entrega na terça-feira mais de R$ 36 milhões em obras em Bonito (MS)
DOR E TRISTEZA
Gabrielly começou a ser agredida por colegas após presentear professora, diz família
GOVERNADOR DO RJ PRESO EM OPERAÇÃO
Pezão participa de hasteamento da bandeira em presídio de Niterói
BONITO - MS - EDUCAÇÃO INFANTIL
Bonito (MS) inova na educação infantil e terá jornada integral e parcial na Rede Municipal de Ensino
EM CIDADE DO MS - CRIME
Em MS, Homens são mortos com requintes de crueldade e polícia suspeita de latrocínio