Menu
KAGIVA
quarta, 17 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

C13 promete R$ 100 mi ao Corinthians e vê prejuízo sem Globo

11 Mar 2011 - 08h06Por Terra

Perto de anunciar o vencedor da disputa pelos direitos de transmissão na TV aberta dos Campeonatos Brasileiros de 2012 a 2014, o Clube dos 13 promete mostrar ao Corinthians que a negociação em conjunto com as demais agremiações ainda vale a pena. O diretor executivo da entidade, Athaíde Gil Guerreiro, se mostra confiante em uma reconciliação com os "dissidentes" e espera convencer o presidente Andrés Sanchez que as conversas separadas com as emissoras não é o melhor caminho para elevar os valores recebidos. Para isso, garante que o clube do Parque São Jorge deverá embolsar cerca de R$ 100 milhões no novo contrato. 

Nas contas da entidade, divulgadas em nota oficial na última quarta-feira, os direitos do Brasileiro serão vendidos por um valor acima de R$ 1 bilhão, quase o dobro do que os clubes vão faturar com a venda pela edição de 2011. Na divisão do "bolo", o Corinthians seria um dos que mais receberiam, segundo Athaíde. "O Corinthians vai ultrapassar R$ 100 milhões anuais. Eu não sei os valores em que o Corinthians está negociando, mas sei o valor da negociação em conjunta, e pelo menos R$ 100 milhões irão para os cofres do Corinthians", afirmou, em entrevista ao Terra. 

Além de se mostrar frustrado com o rompimento nas negociações de clubes importantes no cenário nacional, como Corinthians e os cariocas Flamengo, Fluminense, Botafogo e Vasco, Athaíde lamenta a saída da TV Globo do processo de licitação por não concordar com as regras propostas pelo Clube dos 13 e pelo Cade. Segundo o dirigente, a desistência da emissora carioca enfraquece a disputa e diminui os valores que envolvem a compra dos direitos. 

"A partir do momento em que a TV Globo saiu do processo licitatório, perdemos no mínimo R$ 300 milhões porque os outros concorrentes não têm mais a figura da TV Globo na concorrência", disse o dirigente, se referindo ao interesse da Record e RedeTV!. Na entrevista, Athaíde disse que a emissora carioca decidiu se desligar da disputa por não concordar com a igualdade de condições após transmitir o futebol "por muitos e muitos anos". 

Na véspera do anúncio do vencedor, o diretor executivo da entidade não escondeu o sentimento em relação aos últimos acontecimentos. "Fiquei frustrado sim. Esse é o grande momento que poderíamos nos tornar independentes como entidade. O futebol vive reclamando que não tem recurso. Partimos para um padrão diferente, que este contrato de três anos (2012 a 2014) pode chegar aos R$ 4 bilhões. Este valor poderia liberar os clubes do endividamento atual e conseguir renda para pagar as despesas daqui para a frente. Tudo isso nos deixa muito preocupados". 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - RESULTADO DO CONCURSO
Confira os aprovados no concurso público da Câmara em BONITO (MS)
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Em quatro anos, governo de MS investe R$ 265 milhões em Corumbá
NA REGIÃO DE BONITO
Motorista morre após caminhão cair de serra na MS-382 na região de Bonito (MS)
ESPORTES
Sete atletas representam MS no Brasileiro de Futebol de Mesa
EDUCAÇÃO
Horário de verão vai começar no mesmo dia da primeira prova do Enem
POLÍTICA
TSE reúne equipes de Bolsonaro e Haddad para discutir fake news
ALERTA DE CHUVA DE GRANIZO NO MS
Instituto alerta para chuvas intensas com possibilidade de granizo em MS
AINDA DESAPARECIDA
Servidora pública do TRE/MS continua desaparecida e familiares pedem ajuda
PESQUISA NO MS
Reinaldo abre 14% e chega com 57% dos votos válidos em nova pesquisa no MS
BRIGA INTERNA EM PLENA CAMPANHA
Conselho de Ética do PDT pede 'cabeça' de Odilon por apoio a Bolsonaro