Menu
ASSOMASUL MARÇO
quarta, 24 de abril de 2019
mutantes
Busca
ÁGUAS DE BONITO

Brasil descarta suspender crédito para estrada polêmica na Bolívia

8 Set 2011 - 14h18Por Folha.com

O Brasil descarta suspender um crédito de US$ 332 milhões (cerca de R$ 550,2 milhões) para a construção de uma polêmica estrada na Bolívia, repudiada por indígenas amazônicos porque cruzará uma área de reserva, disse esta quarta-feira o assessor da Presidência, Marco Aurélio Garcia, em La Paz.

"Nós não temos nenhuma razão para suspender este financiamento", disse Garcia, após reunião privada com o presidente boliviano, Evo Morales, com quem analisou o nível da cooperação bilateral.

Os índios bolivianos enviaram, em meados de agosto, uma carta à presidente brasileira, Dilma Rousseff, informando sobre os danos ambientais que a estrada de 300 km provocará ao cruzar o parque ecológico Tipnis, no centro do país, rico em fauna e flora.

A construção da via terá custo total de US$ 415 milhões (cerca de R$ 687,75 milhões), dos quais 332 milhões são financiados pelo Brasil, com crédito do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). O restante compõe a contrapartida local.

A obra, a cargo da empreiteira privada OAS Ltda., ainda não chegou ao Tipnis.

Marco Aurelio Garcia esclareceu que o crédito está sujeito a cláusulas, como o cuidado com o meio ambiente e o respeito aos critérios dos povos indígenas que, em sua opinião, a Bolívia está cumprindo.

"Praticamos estas cláusulas no Brasil e tenho entendido que a Bolívia as pratica também. Estou convencido de que o governo boliviano e a sociedade boliviana encontrarão uma boa solução para isto", reforçou.

Os indígenas, que agora somam 2.000, iniciaram em 15 de agosto uma caminhada de 600 km da cidade amazônica de Trinidad (nordeste) até La Paz, em ato de repúdio a esta estrada, enquanto o governo considera que a via ajudará no desenvolvimento econômico da região.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - INSCRIÇÕES ABERTAS
Bonito (MS) receberá o 1º Open de Squash em maio, inscrições já estão abertas
TURISMO
Na região Norte, rota “Cerrado Pantanal” quer ser novo destino turístico de MS
GERAL
MS tem saldo acumulado de 10.570 empregos com carteira assinada gerados no ano
POLÍCIA
Polícia Civil participa de operação nacional para cumprir mandados de prisão contra foragidos
POLÍTICA
Lama Asfáltica: 3ª Vara nega novo pedido para que ação vá para a Justiça Eleitoral
LOTERIA
Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira o maior prêmio deste ano
CIDADES
Com rios entupidos por vegetação ribeirinhos do Pantanal de MS são levados para médico de helicópter
BONITO - MS - TRABALHO LEGISLATIVO
Confira o trabalho do seu vereador durante sessão ordinária da Câmara em Bonito (MS)
BONITO - MS - NA CÂMARA
Vereadores solicitam que antiga iluminação do CMU seja aproveitada em bairros de Bonito (MS)
EMPREGOS E CONCURSOS
Governo de MS divulga inscrições para pós-graduação em saúde pública