Menu
ITALÍNEA DOURADOS
sbado, 18 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Brasil descarta suspender crédito para estrada polêmica na Bolívia

8 Set 2011 - 14h18Por Folha.com

O Brasil descarta suspender um crédito de US$ 332 milhões (cerca de R$ 550,2 milhões) para a construção de uma polêmica estrada na Bolívia, repudiada por indígenas amazônicos porque cruzará uma área de reserva, disse esta quarta-feira o assessor da Presidência, Marco Aurélio Garcia, em La Paz.

"Nós não temos nenhuma razão para suspender este financiamento", disse Garcia, após reunião privada com o presidente boliviano, Evo Morales, com quem analisou o nível da cooperação bilateral.

Os índios bolivianos enviaram, em meados de agosto, uma carta à presidente brasileira, Dilma Rousseff, informando sobre os danos ambientais que a estrada de 300 km provocará ao cruzar o parque ecológico Tipnis, no centro do país, rico em fauna e flora.

A construção da via terá custo total de US$ 415 milhões (cerca de R$ 687,75 milhões), dos quais 332 milhões são financiados pelo Brasil, com crédito do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). O restante compõe a contrapartida local.

A obra, a cargo da empreiteira privada OAS Ltda., ainda não chegou ao Tipnis.

Marco Aurelio Garcia esclareceu que o crédito está sujeito a cláusulas, como o cuidado com o meio ambiente e o respeito aos critérios dos povos indígenas que, em sua opinião, a Bolívia está cumprindo.

"Praticamos estas cláusulas no Brasil e tenho entendido que a Bolívia as pratica também. Estou convencido de que o governo boliviano e a sociedade boliviana encontrarão uma boa solução para isto", reforçou.

Os indígenas, que agora somam 2.000, iniciaram em 15 de agosto uma caminhada de 600 km da cidade amazônica de Trinidad (nordeste) até La Paz, em ato de repúdio a esta estrada, enquanto o governo considera que a via ajudará no desenvolvimento econômico da região.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVENO DO MS
Governador afirma que pavimentação asfáltica da MS-223 começa nos próximos dias em Costa Rica
INELEGÍVEL
Procuradoria pede impugnação de candidatura do Zeca do PT
BONITO - MS - INAUGURAÇÃO
HOJE tem inauguração do Santo Rock Bar, caipirinha FREE para mulheres até meia-noite em Bonito (MS)
POLÍTICA
Parecer do TRE-MS dá aval para cassar vereadora Cida Amaral
MEIO AMBIENTE
Em fase final, projeto visa recuperar o Taquari com manejo correto do solo
BONITO - MS - AÇÕES NO ÁGUAS DO MIRANDA
BONITO (MS): Obras realiza serviços de revitalização no distrito Águas do Miranda
BONITO - MS
Almoço beneficente em prol do Instituto Visão de Vida acontecerá neste sábado em Bonito
CASO MAYARA
Acusado de matar a musicista Mayara Amaral diz que estava 'possuído'
ACIDENTE
Mulher é arremessada e morre em capotamento de veículo na BR-359
CIDADES
Mutirão vai analisar 11 mil processos de presos condenados em MS