Menu
KAGIVA
sbado, 22 de setembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
Bonito - MS

Bonito pode sediar XIV Congresso Brasileiro de Limnologia

Cinco representantes da Sociedade Brasileira de Limnologia realizaram esta semana a visita de inspeção

2 Fev 2012 - 08h24Por Luciana Garcia/Assessoria

Cinco representantes da Sociedade Brasileira de Limnologia realizaram esta semana a visita de inspeção às instalações do centro de convenções, ao aeroporto, e vários estabelecimentos da rede hoteleira e rede gastronômica, além de diversos atrativos turísticos de Bonito. A razão é a sólida possibilidade do município de sediar o maior evento da área no próximo ano, o XIV Congresso Brasileiro de Limnologia que está previsto para setembro de 2013.

 A limnologia é uma parte da hidrologia que estuda toda a água encontrada fora do litoral, mais para o interior, como os rios, os lagos, os lençóis subterrâneos (aqüíferos ou lençóis freáticos), águas de cavernas, enfim, todas as águas consideradas “doces”.

Até a década de 30 pouco se divulgava sobre o assunto no país uma vez que grande parte do estudo brasileiro sobre o tema ainda era realizado por pesquisadores estrangeiros. Entretanto, a partir dos anos 70 com o avanço do pensamento ecológico o interesse pela limnologia começou a ganhar corpo.

 Na atualidade, a água doce é um recurso estratégico, com imenso valor agregado. Em função disso, sua ausência ou sua presença em quantidade ou qualidade inadequadas têm sido um dos principais fatores limitantes ao crescimento social e econômico de várias regiões do Brasil e do mundo.

Com base nisso, os organizadores do evento pretendem reunir cerca de 1,3 mil participantes, entre cientistas e gestores de todo o país e do exterior, sobretudo da América Latina, para discutir questões atuais da ciência e gestão das águas continentais num mundo em transformação.

 Segundo o secretário de Turismo, indústria e Comércio, Augusto Barbosa Mariano, os responsáveis pela inspeção ficaram bastante impressionados com a infra-estrutura do município, além do modelo de gestão ambiental e turística encontrado em Bonito.

 “Aqui o que acontece, é justamente o que os estudiosos da limnologia considerariam como correto, nós conquistamos um modelo inovador de gestão do turismo e conservação ambiental que nos permite através da exploração consciente, planejada e responsável das nossas águas desenvolver a atividade turística e alcançar o crescimento sócio-econômico para toda a comunidade”, afirmou Mariano.

 Ele ainda apontou a captação de eventos, nesse caso atuando em parceria com o Bonito Convention Bureau, como uma das prioridades do trabalho da Secretaria para este ano.

“Nós temos trabalhado continuamente na captação de eventos para o município, sobretudo para os períodos de baixa temporada como uma alternativa de aquecimento de toda a economia local. Nesses casos, a Prefeitura, tem sido parceira desses eventos, fornecendo atrações culturais, apoio logístico,  mídias sociais e institucional”, disse.

Rodrigo Coinete, presidente do Bonito Convention Bureau, também afirmou que apesar da resposta final sobre a confirmação do evento estar agendada somente para o próximo mês, as perspectivas são excelentes, e o município é realmente apontando como um dos mais sérios candidatos ao evento.

"A diretoria da Sociedade Brasileira de Limnologia ficou impressionada com a infra-estrutura e belezas naturais de nossa região. Mas o que surpreendeu a todos foi a organização de nosso sistema turístico que preserva o meio-ambiente e a integração entre o poder público e as associações empresariais na gestão e promoção do destino”.

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA NO GABINETE
BONITO (MS): No gabinete, Prefeito recebe visita de dirigentes e alunos da Pestalozzi
BONITO - MS - PRAÇA DA MARAMBAIA
Praça da Marambaia terá aulas de zumba neste sábado em Bonito (MS)
BONITO - MS
Clube do Laço Nabileque de Bonito convoca associados para Assembleia geral ordinária
POLÍTICA
Assembleia Legislativa: nova pesquisa Ranking tem novidades
ECONOMIA
Presentes e comemorações do Dia das Crianças devem movimentar R$ 130 milhões em MS
CIDADES
De cada 10 cidades de MS, menos de 4 tem plano municipal para o saneamento básico, aponta IBGE
POLÍTICA
Líder, Azambuja tem 42,9%; juiz Odilon é segundo, com 29,35%
ECONOMIA
Brasileiros poderão receber remessas do exterior diretamente em reais
SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE
Futuro presidente terá de enfrentar financiamento do SUS
GERAL
Ninguém acerta as seis dezenas e prêmio da Mega-Sena acumula