Menu
mutantes
segunda, 25 de marÁo de 2019
ASSOMASUL MARÇO
Busca
ITAL√ćNEA DOURADOS
BONITO - MS - TURISMO

Bonito (MS) integra lista de cidades com passeios de aventura inclusivos para cadeirantes

Bonito (MS) integra lista de cidades com passeios de aventura inclusivos para cadeirantes

10 Mar 2019 - 18h19Por Luciana Brazil - (Subcom)

Das dezenas de passeios que o município de Bonito oferece aos visitantes –  todos reconhecidos mundialmente por suas belezas e proximidade com a natureza -, muitos já são considerados alternativa para turistas com necessidades especiais. A cidade foi citada em recente publicação do jornal Folha de São Paulo como sendo mais um destino no País a possuir atrações acessíveis para cadeirantes.  

A Nascente Azul, Balneário Municipal, Balneário do Sol e Aquário Natural são alguns dos atrativos que disponibilizam condições de acesso a cadeirantes e outros portadores de necessidades especiais.

Porém, apesar dos esforços constantes do poder público e de empresas privadas, muitas melhorias ainda precisam ser realizadas até que 100% do acesso ao ecoturismo no município atenda a esse grupo específico de turistas.

Conforme o secretário de Turismo de Bonito, Augusto Mariano, a grande dificuldade de proporcionar acessibilidade muitas vezes está na trilha que antecede o passeio. “O desafio do ecoturismo, em muitos casos em Bonito, é a trilha para chegar ao rio, ao lago, à cachoeira. Isso sempre é um complicador. Mas estamos nos esforçando cada vez mais para tornar esse ingresso uma realidade a esses turistas”, afirma.

De acordo com o secretário, para o Balneário Municipal já existem projetos que irão beneficiar amplamente pessoas com deficiência. “Vamos fazer uma trilha para cadeirante com bloquete intertravado, uma espécie de calçada como paralelepípedo, que facilita a locomoção para cadeirantes e até para idosos e pessoas com sobrepeso. Essa trilha será feita a partir do estacionamento. Na Nascente Azul, por exemplo, existe uma cadeira especial que ajuda ao turista a chegar até a flutuação. O poder público tem trabalhado para que todos possam ter acesso”, explica.

De certa forma, os passeios que envolvem água, segundo o secretário, são mais acessíveis para esses turistas especiais. “Depois de vencer as trilhas, os passeios com água são os mais fáceis. Temos alguns que possuem plataforma dentro e fora d’água, o que facilita muito”, comenta.

Os guias também precisam estar preparados e com condições para atendimento aos turistas, conforme esclarece o secretário. Esses profissionais passam por cursos de resgate, salvamento aquático e primeiros socorros. “Além disso, eles precisam se capacitar por meio do curso de Sistema de Gestão de Segurança (SGS), onde passam por simulação de situações emergenciais e recebem conhecimento para atuar da melhor forma, caso seja necessário”..

Uma vez ao ano a Prefeitura de Bonito oferece cursos gratuitos para formação de guias. O município possui 36 passeios cadastrados e autorizados pela prefeitura, além de 120 guias profissionais.

Deixe seu Coment√°rio

Leia Também

GERAL
Edital do Enem é divulgado; taxa de inscrição é de R$ 85
EMPREGOS E CONCURSOS
Inscri√ß√Ķes de concurso do Conselho Regional de Educa√ß√£o F√≠sica terminam dia 15
EDUCAÇÃO
Inscri√ß√Ķes do Encceja come√ßam em maio; provas ser√£o aplicadas em agosto
TEMPO E TEMPERATURA
Semana come√ßa com c√©u aberto e calor de at√© 37¬įC em MS
MEIO AMBIENTE
Projeto nos municípios da Bacia do Taquari proporciona conservação de 8,6 mil hectares de solo
ECONOMIA
Com a√ß√Ķes do Estado, Porto Murtinho se tornar√° o maior polo exportador de MS
BONITO - MS - LUTO
Bonito (MS) perde Seu Ademarzinho e prefeitura divulga nota de pesar
TRAG√ČDIA FAMILIAR
Morador de Maracaju comete suicídio com tiro na cabeça em confraternização familiar em Rio Brilhante
Cidades
Homem é assassinado a pauladas ao matar e comer galo de vizinho em cidade do MS
GREVE VINDO A√ć
Monitoramento mostra que caminhoneiros já se mobilizam para nova paralisação