Menu
BANNER ANNA
segunda, 11 de novembro de 2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS
BONITO - MS - 2020 COM MAIS RECURSOS

BONITO entre os 56 municípios do MS que terão índices de ICMS elevados em 2020

BONITO entre os 56 municípios do MS que terão índices de ICMS elevados em 2020

2 Jul 2019 - 17h11Por Willams Araújo / Assomasul

A Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) publicou esta semana os índices provisórios no rateio do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para os 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

De acordo com a publicação da Resolução 3025, de 26 de junho, 56 municípios tiveram aumento no percentual e outros 23 registraram índices de participação no bolo do ICMS menores.

Os dados constam da edição número 9.931 do Diário Oficial do Estado, publicada no último dia 28.

Desta forma, a situação não será das melhores para algumas das prefeituras diante da crise econômica do país com reflexo negativo nas finanças municipais.

Há anos, boa parte dos gestores públicos alega que não há dinheiro suficiente para o custeio da máquina administrativa e investimentos nos setores considerados prioritários.

Esta semana, o presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Pedro Caravina, alertou aos colegas prefeitos sobre as previsões negativas da STN (Secretaria do Tesouro Nacional) em relação aos próximos repasses do FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

Segundo a Sefaz, os prefeitos cujos municípios tiveram índices reduzidos terão 30 dias para pedir a revisão, por meio de recursos ou impugnações.

O ICMS é o principal imposto de competência estadual e conforme legislação, 25% da arrecadação retornam aos municípios de acordo com seu índice de participação.

São necessários os seguintes critérios e percentuais para se chegar ao índice de participação de arrecadação do ICMS de cada cidade: valor adicionado (75%), receita própria (3%), que é, basicamente, a arrecadação dos tributos municipais, como o IPTU, ISS, ITBI e as taxas e contribuições de competência municipal.

Há ainda a extensão territorial (5%), números de eleitores (5%), ICMS ecológico (5%) e uma parte igualitária entre os 79 municípios (7%).

A divulgação é feita anualmente em cumprimento de norma nacional e serve para estabelecer o índice de participação dos municípios na arrecadação do ICMS que ocorrerá no ano seguinte.

Desta forma, a cidade que mais ganhou foi Jaraguari, cujo índice passará  de 0,2958 em 2019, para 0,3773 em 2020, uma diferença em porcentual de 27,55, segundo a Sefaz.

A prefeitura que mais perdeu recursos entre as 23, ainda conforme a resolução da Sefaz, foi Ladário, que tem índice atual de 0,2897 e passará a contar com um índice de 0,2000 no ano que vem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - 100 CASAS ENTREGUES
Governo estadual e prefeitura entregam Residencial Rio Bonito I com 100 Casas em Bonito (MS)
CONTRABANDO
Motorista pula de caminhão em movimento para não ser preso com com cigarros e agrotóxicos
VIAS DE FATO
CONFUSÃO: mulheres saem na porrada em bar de Bonito e caso vai parar na delegacia
'LIMPA'
Ladrões levam mais de R$ 250 mil em equipamentos de propriedade rural
COLISÃO
Motorista não respeita sinalização, bate em motociclista que fica ferido em Bonito
BONITO - MS - EDUCAÇÃO
Prefeito cria Comissão para Adequação do Plano de Carreira da Educação em Bonito (MS)
Contrabando
Polícia apreende 15 mil maços de cigarros contrabandeados na MS-379
EXECUTADOS
DOMINGO VIOLENTO: três são executados e criança fica ferida na fronteira
CALOR
Segunda-feira promete ser quente em Bonito (MS); máxima pode chegar aos 34°C
BORA TRABALHAR
Ao menos 14 órgãos abrem inscrições nesta segunda para 2,8 mil vagas