Menu
domingo, 25 de agosto de 2019
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO
BONITO - MS - 2020 COM MAIS RECURSOS

BONITO entre os 56 municípios do MS que terão índices de ICMS elevados em 2020

BONITO entre os 56 municípios do MS que terão índices de ICMS elevados em 2020

2 Jul 2019 - 17h11Por Willams Araújo / Assomasul

A Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) publicou esta semana os índices provisórios no rateio do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para os 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

De acordo com a publicação da Resolução 3025, de 26 de junho, 56 municípios tiveram aumento no percentual e outros 23 registraram índices de participação no bolo do ICMS menores.

Os dados constam da edição número 9.931 do Diário Oficial do Estado, publicada no último dia 28.

Desta forma, a situação não será das melhores para algumas das prefeituras diante da crise econômica do país com reflexo negativo nas finanças municipais.

Há anos, boa parte dos gestores públicos alega que não há dinheiro suficiente para o custeio da máquina administrativa e investimentos nos setores considerados prioritários.

Esta semana, o presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Pedro Caravina, alertou aos colegas prefeitos sobre as previsões negativas da STN (Secretaria do Tesouro Nacional) em relação aos próximos repasses do FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

Segundo a Sefaz, os prefeitos cujos municípios tiveram índices reduzidos terão 30 dias para pedir a revisão, por meio de recursos ou impugnações.

O ICMS é o principal imposto de competência estadual e conforme legislação, 25% da arrecadação retornam aos municípios de acordo com seu índice de participação.

São necessários os seguintes critérios e percentuais para se chegar ao índice de participação de arrecadação do ICMS de cada cidade: valor adicionado (75%), receita própria (3%), que é, basicamente, a arrecadação dos tributos municipais, como o IPTU, ISS, ITBI e as taxas e contribuições de competência municipal.

Há ainda a extensão territorial (5%), números de eleitores (5%), ICMS ecológico (5%) e uma parte igualitária entre os 79 municípios (7%).

A divulgação é feita anualmente em cumprimento de norma nacional e serve para estabelecer o índice de participação dos municípios na arrecadação do ICMS que ocorrerá no ano seguinte.

Desta forma, a cidade que mais ganhou foi Jaraguari, cujo índice passará  de 0,2958 em 2019, para 0,3773 em 2020, uma diferença em porcentual de 27,55, segundo a Sefaz.

A prefeitura que mais perdeu recursos entre as 23, ainda conforme a resolução da Sefaz, foi Ladário, que tem índice atual de 0,2897 e passará a contar com um índice de 0,2000 no ano que vem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADE
Isis Valverde surge sexy na praia e causa com biquíni ousado
DESAPARECEU
Motorista de aplicativo está desaparecido há 72 horas em MS
BONITO - MS - FOTOS
Confira as FOTOS do Encontro de Mulheres para debater a violência contra mulher em Bonito (MS)
FATALIDADE
Em MS, Filho de vereador morre e órgãos são encaminhados para transplante
CASO DE POLÍCIA NO MS
Adolescente mata idoso de 60 anos e deixa faca cravada no tórax: 'Tentou roubar meu celular', disse
MIRANDA - NOVAS ELEIÇÕES
Miranda já vive clima de eleição e dois nomes já são cotados para a disputa
CIDADE DO MS EM ALERTA
Onda de suicídios deixa cidade de MS em alerta, Jovem é encontrado morto
BONITO - MS - LOTES NO ÁGUAS DO MIRANDA
Em Bonito (MS), Prefeitura auxilia regularização de lotes em Águas do Miranda
BONITO - MS - VISTORIA
DEMTRAT inicia vistoria de veículos de transporte turístico em Bonito (MS)
Bonito
A 100km de Bonito, motociclista flagra onça em rodovia