AGÊNCIA_SUCURI_MEGA_BI
Bonito Informa - Notícias de Bonito e região
Bonito, 22 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
CLINICA_RITH
25 de Maio de 2011 08h09

Bombeiros encontram oitavo corpo de vítima de naufrágio no DF

Folha.com

Já no final das buscas no naufrágio da embarcação Imagination, no lago Paranoá, em Brasília (DF), outro corpo foi encontrado. Segundo o Corpo de Bombeiros, a oitava vítima foi achada próximo ao corpo da mulher reconhecida por familiares como sendo Valdelice Fernandes da Rocha, mãe do bebê de sete meses que morreu na noite de domingo (22).

Ambos os corpos estavam a 150 m de onde está a embarcação. Apesar de ainda não ter havido a identificação da última vítima encontrada, a major Vanessa Signale, porta-voz da corporação, afirmou que provavelmente é de um homem, já que as famílias que ainda aguardam notícias de desaparecidos procuram por dois homens.

O corpo de Valdelice foi achado às 17h05, e está sendo encaminhado para o IML.

Ela era a última mulher entre os desaparecidos, que agora estão estimados entre dois e quatro.

De acordo com os bombeiros, outras duas vítimas encontradas nesta terça são do sexo masculino. Os corpos foram encontrados a uma distância de 150 m da embarcação, segundo a major Vanessa Signale, e estão sendo encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal) para identificação pelos familiares.

Ontem, já tinham sido encontrados outros três corpos. Um bebê de sete meses foi socorrido logo após o acidente, mas também não resistiu.

As equipes de busca continuam trabalhando no lago Paranoá e dividem-se entre o grupo que vasculha a área próxima à embarcação e outro que procura vítimas que possam estar mais distantes, levadas pela correnteza.

Ontem, o Corpo de Bombeiros afirmou que a embarcação "Imagination" estava com o número de ocupantes acima da capacidade permitida. Segundo a major Vanessa Signale, o barco tinha autorização para navegar com 90 passageiros e dois tripulantes, mas ao menos 103 pessoas estavam a bordo.

A última vistoria feita na embarcação ocorreu em novembro, e foi atestado que ele estava em boas condições e tinha todos os itens de segurança, como boias e coletes salva-vidas. Passageiros relataram, porém, que ninguém usava os coletes na embarcação na noite de ontem.

 

RACHADURA

O comandante Rogério Leite, da Delegacia Fluvial de Brasília, informou que o barco tinha rachadura em um de seus tubulões --estruturas que auxiliam na flutuação das embarcações. Mergulhadores foram até o barco "Imagination", que está a 17 metros de profundidade, e constataram a rachadura.

Leite não informou o tamanho da avaria nem se ela pode ser apontada como a causa do naufrágio. Segundo ele, o comandante do barco poderia nem saber da existência da rachadura, já que os tubulões ficavam submersos.

No momento do acidente, por volta das 21h, quatro homens da Marinha eram responsáveis pela fiscalização do lago. Leite afirmou que o número era suficiente para a fiscalização e estava dentro da média de servidores usados pela Marinha para a tarefa.

"O trabalho de fiscalização é aleatório, não podemos estar em todos os barcos ao mesmo tempo", disse. Ao falar sobre o acidente, o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), afirmou que é necessário ter "um grau de fiscalização muito grande em todo o tipo de embarcação".

O comandante da Delegacia Fluvial de Brasília disse ainda não saber quando será feito o içamento do barco do fundo do lago, mas que só ocorrerá depois que todos os desaparecidos forem encontrados.

A Marinha abriu um inquérito para investigar os motivos do acidente, com prazo de conclusão de 90 dias.

Comentários
Veja Também
conde_foto
Últimas Notícias
  
dothshop
DROGÃO_BONITO_300_100
dothCom © Copyright BonitoInforma - Todos os Direitos Reservados.