Menu
ASSOMASUL MARÇO
tera, 23 de abril de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS

Bois já estão morrendo em Aquidauana e Corumbá por causa da cheia

21 Mar 2011 - 09h13Por Campo Grande News

Bois estão morrendo afogados no Pantanal de Mato Grosso do Sul, que enfrenta uma de suas maiores cheias das últimas décadas. “Tem animais boiando, e vai ter muito mais”, definiu esta manhã o presidente do Sindicato Rural de Aquidauana, Timóteo Proença,

Aquidauana é uma das cidades mais afetadas pelas chuvas este ano e chegou a ficar isolada depois que o rio que dá nome a cidade Aquidauana transbordou e cobriu as duas pontes na cidade.

O rio já baixou, mas na área rural, os problemas continuam sérios. A maioria dos donos de rebanhos relata perda de bois, conforme o presidente do Sindicato Rural, em razão da dificuldade de retirada dos animais para áreas secas.

A cena vista angustia. Os animais ficam nadando a esmo, até morrer. Conforme o presidente do Sindicato Rural, mesmo que sejam utilizadas embarcações para tentar salvar os animais, a quantidade que se consegue tirar é muito pequena.

Em Corumbá, a situação caminha para o mesmo quadro, segundo o presidente do Sindicato Rural, Raphael Kassar. Segundo ele, já está ocorrendo perda de animais e se a previsão de cheia no Rio Paraguai se confirmar, isso pode piorar ainda mais.

Kassar informou que foi feito ontem um sobrevôo em um avião da Marinha e que hoje seria feito um outro, junto com representantes da Embrapa, para elaboração do laudo técnico que vai embasar a decretação de situação de emergência na região.

Com o estado de emergência, os pecuaristas pantaneiros esperam ter acesso a uma linha de crédito especial e possível prorrogação de dívidas que estejam para vencer, dada à impossibilidade de vender o gado. Corumbá tem o maior rebanho bovino do Estado, de 1,9 milhões de cabeças.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CIDADES
Dias Toffoli chama para conciliação com indígenas e revolta sitiantes
POLÍTICA
Deputado quer proibir sátira de imagens cristãs em manifestações de MS
COTIDIANO
Amigos lamentam falecimento de Rubens Catenacci, referência na pecuária brasileira
TURISMO
Boletim comparativo de alta temporada do ObservaturMS mostra crescimento no fluxo turístico
GERAL
MPT investiga demissão de funcionários da Mabel sem aviso prévio em MS
EDUCAÇÃO
Governo de MS divulga inscrições para Vale Universidade Indígena
MEIO AMBIENTE
Desmatamento prossegue em Rio Verde, mas com nova faixa de preservação
POLÍCIA
Traficante foge e abandona picape com mais de 800 kg de maconha
POLÍTICA
Prefeita de Miranda continua no comando até ser notificada de cassação
EMPREGOS E CONCURSOS
Prefeitura abre seletiva com 34 vagas e salários de até R$ 1,7 mil em MS