Menu
BANNER ANNA
quinta, 23 de janeiro de 2020
Busca
BONITO AGUAS DE BONITO

Bois já estão morrendo em Aquidauana e Corumbá por causa da cheia

21 Mar 2011 - 09h13Por Campo Grande News

Bois estão morrendo afogados no Pantanal de Mato Grosso do Sul, que enfrenta uma de suas maiores cheias das últimas décadas. “Tem animais boiando, e vai ter muito mais”, definiu esta manhã o presidente do Sindicato Rural de Aquidauana, Timóteo Proença,

Aquidauana é uma das cidades mais afetadas pelas chuvas este ano e chegou a ficar isolada depois que o rio que dá nome a cidade Aquidauana transbordou e cobriu as duas pontes na cidade.

O rio já baixou, mas na área rural, os problemas continuam sérios. A maioria dos donos de rebanhos relata perda de bois, conforme o presidente do Sindicato Rural, em razão da dificuldade de retirada dos animais para áreas secas.

A cena vista angustia. Os animais ficam nadando a esmo, até morrer. Conforme o presidente do Sindicato Rural, mesmo que sejam utilizadas embarcações para tentar salvar os animais, a quantidade que se consegue tirar é muito pequena.

Em Corumbá, a situação caminha para o mesmo quadro, segundo o presidente do Sindicato Rural, Raphael Kassar. Segundo ele, já está ocorrendo perda de animais e se a previsão de cheia no Rio Paraguai se confirmar, isso pode piorar ainda mais.

Kassar informou que foi feito ontem um sobrevôo em um avião da Marinha e que hoje seria feito um outro, junto com representantes da Embrapa, para elaboração do laudo técnico que vai embasar a decretação de situação de emergência na região.

Com o estado de emergência, os pecuaristas pantaneiros esperam ter acesso a uma linha de crédito especial e possível prorrogação de dívidas que estejam para vencer, dada à impossibilidade de vender o gado. Corumbá tem o maior rebanho bovino do Estado, de 1,9 milhões de cabeças.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTUPRO
Construtor estupra enteada de 12 anos após trancar esposa em cômodo de casa
PEDOFILIA
Polícia prende pedófilo após pai se passar pela criança em conversa no WhatsApp
PRESO
Suspeito de matar homem esfaqueado no pescoço é preso em Dourados
Júri
Acusado de matar com 15 facadas é condenado a 1 ano de prisão e multa
OPORTUNIDADE
Prefeitura de Caracol abre seleção para professores de ensino fundamental
Assassinato
Homem morre após ser atingido por facada no pescoço em bairro de Dourados
Ferido
Homem fica ferido ao tentar segurar carroceria de caminhão com a perna
Achado de cadáver
Adolescente desaparecida foi encontrada morta e enterrada na casa de traficante em MS
Novas placas
Placa do Mercosul não será exigida em caso de troca de município
Sorteio
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 35 milhões nesta quinta-feira