AGÊNCIA_SUCURI_MEGA_BI
Bonito Informa - Notícias de Bonito e região
Bonito, 23 de Outubro de 2017
CLINICA_RITH
DELPHOS_FULL
21 de Março de 2011 17h01

BNDES tem lucro recorde de R$ 9,9 bilhões em 2010

Folha.com

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) registrou lucro recorde de R$ 9,9 bilhões em 2010. O resultado representa um crescimento de 47,2% em relação ao desempenho de 2009, quando havia registrado ganhos de R$ 6,7 bilhões.

Segundo o BNDES, três fatores contribuíram para o desempenho do ano passado: a recuperação de créditos, o desempenho da carteira de ações da BNDESPar (braço de participações em empresas do banco) e a expansão dos ganhos com as taxas cobradas na concessão de empréstimos.

No ano passado, o banco recuperou créditos no valor de R$ 2,3 bilhões. A melhora no resultado das participações em empresas é resultado de um acréscimo de 179,5% nas vendas. De 2009 para 2010, elas passaram de R$ 1,2 bilhão para R$ 3,2 bilhões.

"Este aumento foi possível em função da melhora nas condições de mercado no ano passado, quando comparado a 2009, o que possibilitou a realização de operações de giro da carteira de participações societárias", informou o banco, em nota.

A carteira de crédito do banco alcançou um patamar de R$ 362 bilhões no ano passado, um volume 27,5% superior ao do ano anterior.

O patrimônio líquido do banco somou R$ 65,9 bilhões. Com este resultado, o patrimônio de referência do BNDES subiu para R$ 81,3 bilhões. O patrimônio de referência é o parâmetro utilizado pelo Banco Central para definir os limites de empréstimo a cada instituição. Quanto maior é o patrimônio de referência, maior a capacidade do banco de conceder empréstimos.

O BNDES atribui o crescimento do seu patrimônio de referência em 2010 à avaliação a valor justo da carteira de ações em empresas não coligadas (aquelas em que a BNDESPar não tem influência na gestão). O valor justo significa o valor da carteira na data do fechamento do balanço.

A mudança na forma de avaliação da carteira de ações é resultado da adoção de práticas internacionais de contabilidade. Em 2009, o patrimônio de referência era de R$ 54 bilhões. A metodologia usada anteriormente tomava como base o custo de aquisição das ações.

A inadimplência caiu de 0,20% em 2009 para 0,15% da carteira no ano passado.

Os ativos totais do banco somaram R$ 549 bilhões no final do ano passado e tiveram alta de 42% em relação ao ano anterior. O aumento foi resultado das captações do Tesouro Nacional, que chegaram a R$ 105 bilhões em 2010.

O banco explica que este é o primeiro balanço feito de acordo com as normas internacionais de contabilidade, o IFRS (International Financing Reporting Standards). A mudança é resultado de determinação do Banco Central, válida para todas as instituições financeiras a partir do ano passado.

A nova metodologia teve impacto positivo para o banco porque os critérios usados para computar as provisões pra risco de crédito(ou seja, de não pagamento) consideram apenas as perdas de fato ocorridas e não as perdas esperadas. Em compensação, as novas regras tiveram impacto negativo sobre o lucro líquido em relação ao padrão contábil do Banco Central.

Comentários
Veja Também
dothshop
Últimas Notícias
  
CLÍNICA_RITH_300
ANUNCIE AQUI
dothCom © Copyright BonitoInforma - Todos os Direitos Reservados.