Menu
KAGIVA
quinta, 16 de agosto de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Biffi e Delcídio viabilizam R$ 23,4 milhões para 16 municípios

8 Jul 2011 - 11h33Por Assessoria

Através de gestões junto ao Ministério da Educação, o deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT/MS) e o senador Delcídio do Amaral (PT/MS) viabilizaram R$ 23,4 milhões do governo federal para a construção, reforma e ampliação de dezenas de escolas nas áreas urbana e rural de 16 municípios. Os convênios para o repasse dos recursos começaram a ser assinados esta semana em Brasília e a expectativa é de que as obras sejam iniciadas o mais rápido possível.

“É uma grande conquista para a população”, avalia Delcídio. “O Biffi e eu visitamos os municípios, conversamos com os prefeitos e vereadores, discutindo as prioridades de cada região. A demanda por investimentos em educação é enorme. Depois, a gente bate à porta do governo federal, porque a maioria das prefeituras não tem condições financeiras de atender as reivindicações. É uma alegria muito grande constatar que todo esse esforço está dando resultados”, afirma o senador.

Só esta semana, foram repassados R$ 5,2 milhões para Maracaju, Jaraguari e Douradina.

“São R$ 3,8 milhões para construir duas escolas em Maracaju - uma no distrito de Vista Alegre, para atender 500 alunos, e a outra, com 12 salas de aula, na área urbana da cidade. Viabilizamos também R$ 700 mil para a construção de uma creche em Douradina e outra de mesmo valor em Jaraguari. Estávamos correndo atrás desses recursos desde 2009”, revela o deputado Biffi.

O prefeito de Maracaju, Celso Vargas, destacou a importância da chegada da verba ao município.

“Há 18 anos não se constrói escolas novas em Maracaju. Esses R$ 3,8 milhões representam um investimento equivalente a 32% da nossa arrecadação, superando os 25 % mínimos determinados pela legislação. Biffi e Delcídio estão dando uma contribuição muito importante para o futuro da nossa cidade”, avalia o prefeito.

Nos próximos dias, prefeitos de outros 13 municípios vão a Brasília celebrar os convênios com o Ministério da Educação. São R$ 700 mil para a construção de uma escola rural em Juti, R$ 3,8 milhões para 5 escolas indígenas em Paranhos, R$ 1,5 milhão para duas escolas em Miranda, R$ 1,3 milhão para uma escola em Aparecida do Taboado, R$ 2,8 milhões para reforma e ampliação de 9 escolas da rede municipal de Coxim, R$ 740 mil para uma escola indígena em Japorã, R$ 740 mil para uma escola rural em Vicentina, R$ 620 mil para uma escola em Taquarussu, R$ 1,6 milhão para uma escola rural e outra indígena em Eldorado, R$ 740 mil para uma escola indígena em Aral Moreira, R$ 1,1 milhão para uma escola indígena e a cobertura de uma quadra de esportes em Coronel Sapucaia, R$ 600 mil para uma escola indígena em Bela Vista e R$ 2 milhões para 4 escolas indígenas em Amambai.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - BALNEÁRIO MUNICIPAL
Balneário Municipal ficará fechado durante 5 dias este mês de agosto em Bonito (MS)
MAIS UMA FATALIDADE NO RODEIO
Peão que competiu em Barretos morre após cavalo cair em cima dele em cidade do MS
PROCESSO SELETIVO NO MS
Prefeitura abre inscrições para processo seletivo em cidade do MS
BONITO - MS - CURSOS PROFISSIONALIZANTES
Prefeitura concede espaço e SENAI realizará cursos profissionalizantes em Bonito
DOURADOS - MAIS VIOLÊNCIA
Padre é trancado no quarto, espancado e tem pertences levados em Dourados
POLÍTICA
Julgamento de Zeca do PT sobre farra da publicidade é marcado para o dia 4
AÇÃO CIVIL
Estado é acusado de discriminar mulheres em concurso da Polícia Militar
DE MS
Morre de causas naturais maior contrabandista do país preso em 2011
ECONOMIA
Nascidos em agosto já podem sacar abono salarial do PIS/Pasep
INTERNACIONAL
Morre aos 76 anos Aretha Franklin, a 'rainha do soul'