Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quarta, 15 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Bem Receber Copa abre novas vagas para Bonito, Campo Grande e Corumbá

24 Jun 2011 - 11h32Por Assessoria

O Bem Receber Copa já começou a desenvolver em Mato Grosso do Sul o programa de qualificação profissional promovido pelo Ministério do Turismo. Com o slogan “O Sucesso do Brasil na Copa está em Nossas Mãos”, o Bem Receber Copa tem como objetivo capacitar o setor de turismo para atingir padrões internacionais de qualidade nos serviços turísticos, focando Pessoas, Empresas e Destinos.

O Ministério do Turismo definiu quatro eixos de atuação para a Copa de 2014 e um deles diz respeito à qualificação profissional, juntamente com promoção e imagem, requalificação do parque hoteleiro e infraestrutura turística.

Em 2010, na primeira etapa do programa, foram matriculados 5.318 profissionais nas 12 capitais-sedes da Copa do Mundo, com 4.367 concluintes. Este excelente resultado credenciou a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis- ABHI junto ao Ministério do Turismo para a execução da segunda etapa do Programa, com uma meta de qualificação de 12 mil profissionais, contemplando as 12 capitais sedes e mais 21 destinos, incluindo Campo Grande e Bonito.

As primeiras turmas de Campo Grande e Bonito estão com os cursos em andamento. Segundo a coordenadora local do projeto, Tatiana Cayres, devido à grande procura pelos Hoteleiros de Mato Grosso do Sul e o grande número de alunos inscritos na primeira etapa do curso, na qual, superou a meta no Estado em 20%, o Ministério do Turismo abriu novas turmas, para Campo Grande e Bonito.

As aulas começam no próximo mês. Novas vagas também foram abertas para Corumbá, devido a uma solicitação da Fundtur, que considerou necessária a participação dos hotéis-fazenda do Pantanal, devido ao já consolidado roteiro turístico Pantanal –Bonito.

Segundo Nilde Brun, diretora-presidente da Fundtur – MS, apesar de Mato Grosso do Sul não sediar a Copa é um destino atraente para os turistas que vierem para a o evento. “Devido a nossa localização geográfica privilegiada, estamos no meio das cidades-sedes, receberemos muitos turistas durante a Copa, temos que aproveitar a oportunidade de qualificar e reciclar nossos profissionais”, disse.

Para Tatiana Cayres, essa é uma excelente oportunidade para o segmento aqui no Mato Grosso do Sul, “é um projeto de sucesso e vai ser apresentado como modelo no Salão de Turismo de Paris”. O programa foi desenvolvido com o uso de metodologia de educação a distância adotada pela Escola Virtual dos Meios de Hospedagem. Esta escola foi implementada pelo IBH – Instituto Brasileiro de Hospedagem, braço operacional da ABIH.

O público alvo dos cursos é composto por todos aqueles profissionais da chamada “linha de frente”, ou seja, aqueles que terão contato direto com os turistas da copa de 2014. Serão atendidos: capitães-porteiros, recepcionistas, mensageiros, governantas e média gerência.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SIDROLÂNDIA E MARACAJU
Com tecnologia de R$ 70 mil, produtor usa lavoura para apoiar Bolsonaro em Mato Grosso do Sul
BONITO - MS - MAIS ASFALTO EM RUAS
Asfalto está chegando na Rua das Esmeraldas, ela não estava incluída no projeto original em Bonito
MIRANDA - MS - INVESTIMENTOS DO GOVERNO DO MS
Governo do MS investe R$ 1,9 milhão na recuperação de ruas que estavam abandonadas em Miranda (MS)
BONITO - MS - LEVANTAMENTO DO FESTIVAL DE INV
BONITO (MS): Em levantamento, 84% do público que passou pelo Festival de Inverno eram do MS
CIDADES
Curso para Disseminadores da Educação Fiscal está com inscrições abertas
CIÊNCIA E TECNOLOGIA NO ESTADO
Divulgado resultado final de Programa que concede recursos para eventos técnico-científicos em MS
BONITO - MS - ATENÇÃO A TODOS
Decreto proíbe entulho de construção em ruas e calçadas em Bonito (MS)
FATALIDADE
Pecuarista de 78 anos morre pisoteado por boi em curral
REFLEXOS INDESEJADOS
Quase metade dos presos de MS são ligados ao tráfico
50%
Caixa oferta 158 imóveis com descontos para venda no Estado