Menu
ITALÍNEA DOURADOS
tera, 18 de setembro de 2018
KAGIVA
Busca
BBB

"BBB12": Promotoria diz que só investiga suposto estupro se vítima reclamar

16 Jan 2012 - 15h37

 O Ministério Público do Rio de Janeiro afirmou que não poderá investigar o suposto caso de estupro no "BBB12" se a gaúcha Monique Amin não fizer uma queixa formal.

De acordo com a assessoria do órgão, Monique teria que pedir que a polícia investigue o crime e apenas após investigação e abertura de inquérito policial o MP poderia entrar no caso.

O MP não pode iniciar processo sem que a vítima peça. Isso para tentar preservar a privacidade da vítima, se ela quiser.

O órgão só pode entrar em casos sem ser provocado, caso se trate de um dano coletivo.

Entenda o caso

Na madrugada de sábado para domingo (15), o carioca Daniel e Monique dormiram na mesma cama e foi possível observar uma movimentação intensa do modelo enquanto a estudante pouco se mexia.

Com a hashtag #danielexpulso, centenas de pessoas pediam a saída do participante pelo Twitter, acusando o modelo de ter feito sexo com Monique enquanto ela dormia.

José Bonifácio Brasil de Oliveira, o Boninho, disse não ter considerado o caso um estupro, já que, segundo o diretor do programa, não era possível confirmar nem ao menos que os dois fizeram sexo.

A produção do programa chegou a chamar Monique no confessionário para checar a história, mas ela não confirmou que fez sexo com Daniel, apesar de ter questionado em seguida o participante do programa sobre o que ocorreu na noite anterior.

 

 

   

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA NO GABINETE
Prefeito recebe atletas que participaram dos JEMS e JOJUMS em Bonito (MS)
BONITO - MS - PARA LOCAÇÃO TAMBÉM
BONITO (MS): Chegou a mais nova sensação do momento à Virtual Play carrinho simulador montanha russa
AÇÕES CONTRA O TRÁFICO DE DROGAS
Jardim (MS) na lista do Gaeco em operação contra o tráfico de drogas, ao todo foram 25 em 4 cidades
BONITO - MS - MODERNIDADE NO TRÂNSITO
Semáforos começam ser instalados em Bonito (MS)
MEDULA ÓSSEA
MS tem 2° maior cadastro de doadores de medula
CRUELDADE - POLÍCIA
Por mãe estar sem o celular, ladrão dá facada em bebê de 3 meses
R$ 10 MILHÕES
Multa máxima à MSVia não ultrapassa 3,5% da receita anual
PREFEITURA EM MS - OPORTUNIDADES
Prefeitura abre concurso público com mais de 300 vagas e salários de até R$ 6 mil em MS
ELEIÇÕES 2018
TRE-MS recebe 108 denúncias de infrações no período eleitoral
ELEIÇÕES 2018 - CANDIDATO AO GOVERNO DO MS
MPF manda Polícia Federal investigar Odilon de Oliveira, denunciado por crimes na 3ª Vara Federal