Menu
BONITO_PREFEITURA_FEVEREIRO_2019
quinta, 21 de fevereiro de 2019
mutantes
Busca
ITALÍNEA DOURADOS
Brasil - Geral

Bancos planejam acabar com portas giratórias

9 Fev 2012 - 16h15

As portas com detectores de metal das agências bancárias de todo o Brasil começaram ser retiradas. A iniciativa é dos próprios bancos, mas pode acontecer somente em lugares que não tenham lei de proibição. Em Campo Grande, existe a intenção, porém o Sindicato dos Bancários é contra. Na cidade, existe uma lei municipal que ampara a permanência do acesso.

Os bancos alegam que a retirada se deve ao grande número de processos judiciais por danos morais. Os processos foram movidos por clientes constrangidos diante de dificuldades de acesso às agências após o travamento das portas.

Inicialmente, os bancos que anunciaram a mudança foram Itaú e Bradesco.

Segundo a presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região, Iaci Azamor Torres, a classe é totalmente contra a retirada das portas giratórias. "Há inversão da lógica nisso, é preciso conscientizar as pessoas sobre a importância deste dispositivo de segurança, para que não aconteçam tantos casos de constrangimentos e não retirá-las", aponta.

Ainda, conforme Iaci, a medida colaca em risco a segurança dos bancários e dos clientes. Ela também falou que vai entrar em contato com parlamentares municipais e estaduais e buscar uma forma de manter o item de segurança nas agências.

O diretor do mesmo sindicato, José dos Santos Brito, comentou que existem agências em Campo Grande que estão sendo reformadas e as portas giratórias estão sendo retiradas. O sindicato não concorda e pretende lutar para fazer valer a lei municipal. “Esse item de segurança é muito necessário. Se for retirado, o número de crimes em bancos vai aumentar. Principalmente agora que foi proibido uso de celulares em agências”, protesta.

Sobre a proibição do uso de aparelho celular ele se refere à lei estadual que entrou em vigor em novembro do ano passado. 

Na capital existe uma lei municipal, de número 3343, sancionada em 04 de agosto de 1997, que diz: "ficam obrigadas as instituições financeiras sediadas no município de Campo Grande/MS a instalarem em suas agências dispositivos de segurança nas portas de acesso público".

Conforme o texto "onão cumprimento do dispositivo desta Lei, acarretará aplicação de multa de 200 UFIRs, o que será lançado em dobro no caso de reincidência"

Contudo, Iaci esclarece que dispositivo de segurança também pode ser entendido por pessoas fazendo a segurança do banco, assim as agências ficam liberadas para retirar as portas giratórias.

Decisão divide opiniões

O aposentado Valdir Rodrigues, 80 anos, acredita que as portas giratórias devem ser retiradas. Para ele, a medida vai facilitar o acesso ao banco. “A gente trava e se aborrece”, comenta. Ainda de acordo com o idoso, a medida não deve afetar a segurança dos bancos. “Com porta ou sem porta dá na mesma. Não muda nada”, diz.

Nemias Pereira, 25 anos, auxiliar da construção civil, gosta da ideia. Ele também defende o acesso mais rápido às agências e acredita que a retirada das portas não atrapalha a segurança. “O banco já tem homens que cuidam dos locais. A porta só atrapalha”, opina.

Já Maria Oliveira Josias, 50 anos, do lar, e sua filha, Mayara Lopes de Sousa, 26 anos, acreditam que a decisão pode dificultar afetar na segurança. “Facilita o acesso é verdade, mas o problema são os bandidos, complica. Como os metais serão detectados?”, argumenta.

“Se não tiver a porta as agências vão ficar mais inseguras. Não sei se é bom”, pensativa relata Mayara.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GESTÃO PÚBLICA
Reinaldo Azambuja fala sobre desafios da nova gestão em entrevista à GloboNews
BONITO - MS - CONGRESSOS DE NETWORKING
Bonito (MS) receberá pelo menos 10 mil visitantes na baixa temporada em busca de networking em 2019
AGORA DEU MEDO
PMA captura cascavel de 1,3 metros em residência na Capital
GERAL
Em MS, 38 radares voltam a operar na BR-163 a partir da próxima semana
TEMPO E TEMPERATURA
Alerta: 24 cidades de MS estão com aviso de tempestade de perigo potencial
BONITO - MS - POLÍCIA
Vítima de 'estupro virtual' volta para casa e retoma rotina na escola em Bonito (MS)
GERAL
Sistema do Detran-MS continua fora do ar nesta quarta-feira
GERAL
Gabaritos do Enade 2018 já estão disponíveis no site do Inep
COTA ZERO
Deputados pedem que caça do jacaré seja liberada
POLÍCIA
Homem é preso, suspeito de exploração sexual de criança