Menu
KAGIVA
segunda, 15 de outubro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Baixas temperaturas do inverno geram dores musculares nos idosos

11 Jul 2011 - 07h29Por Clarissa Thomé - O Estado de S.Paulo

As baixas temperaturas do inverno causam dores em uma grande parcela da população. Nesse período do ano, os consultórios de ortopedistas ficam lotados de pacientes com queixas de dores musculares e desconforto nas articulações e nos ossos.

E esse incômodo é mais comum nos pacientes com mais de 60 anos, explica o ortopedista Paulo Ricardo da Costa, do Hospital Estadual Albert Schweitzer, na zona oeste do Rio. "Embora existam poucos estudos que liguem a temperatura baixa à dor, essa é uma associação muito comum sentida pelos pacientes idosos. É uma dor que pode ser aguda e até incapacitante. Mas as mais comuns são as dores persistentes, irritantes", explica o médico.

As dores do inverno ocorrem porque a baixa temperatura provoca uma constrição dos vasos sanguíneos - ou seja, os vasos se fecham e há menos aporte de sangue para o organismo. Os músculos ficam mais tensos e podem sofrer contrações involuntárias, o que provoca a dor. Pessoas que já têm doenças como hérnia, artrite e artrose acabam tendo o problema agravado.

Outro fenômeno provocado pelo frio é o espessamento do líquido sinovial, que lubrifica as articulações. "Esse espessamento provoca a dor articular", explica o ortopedista Marcelo Soares, que trabalha na Cardiomex - Clínica Médica Desportiva. O quadro é agravado por posturas ruins ao longo do dia.

A aposentada Selma Maria Margato Marques, de 68 anos, entende bem das dores do inverno. "Eu já não tenho cartilagem entre as vértebras da coluna. É um caso cirúrgico, mas eu me recuso a operar, porque é uma cirurgia muito invasiva. A friagem piora tudo. No inverno, sofro com as dores 24 horas por dia", conta.

Em alguns momentos, a dor é tanta que Selma não consegue movimentar as pernas. Na quarta-feira, ela passou duas horas numa sessão de acupuntura. No fim da tarde, estava melhor. "Aprendi a administrar a dor, se não eu ficaria em casa sem fazer mais nada".

Selma sabe, no entanto, que abre mão de um importante aliado no combate ao desconforto - o exercício físico. "Estou esperando o tempo melhorar para frequentar a Academia da Terceira Idade", diz, referindo-se a um programa da prefeitura do Rio, que instalou pela capital do Estado três dezenas de módulos de aparelhos para ginástica, voltados aos idosos.

Prevenção

O exercício físico alivia a dor porque protege os músculos e previne cãibras. O alongamento também evita o encurtamento dos músculos. Movimentar-se, mesmo dentro de casa, também é importante (mais informações nesta página).

Costa lembra que o idoso deve ser mantido aquecido, por ser mais sensível ao frio, mas é preciso evitar a sobreposição de roupas, que causa transpiração. "Idosos e crianças têm maior facilidade para a desidratação. É preciso garantir a mesma ingestão de líquidos do verão para evitá-la", explica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - RIO MIRANDA
Em Bonito, Rio Miranda volta ao nível normal e Defesa Civil monitora as regiões mais afetadas
MUNDO DA TV
Com paralisia, Liminha segue internado e sem previsão de alta
ENTRETENIMENTO
Na reta final de “Sol”, Remy descobrirá que é tio da Karola
ANIMAIS COM VONTADE DE VIVER
Cachorro com câncer anda em balão, toma sorvete e acampa
AÇÕES DO GOVENO DO MS
Caravana da Saúde salvou e continuará salvando vidas, diz Reinaldo Azambuja
VENDAVAL NO MS
Vendaval destelha barracão e danifica máquinas agrícolas em fazenda
OPORTUNIDADES NO MS
Concursos em MS oferecem mais de 1,9 mil vagas e salários até R$ 8,6 mil
ELEIÇÕES 2018 - ARTICULAÇÕES
Odilon Jr. visitou Puccinelli na prisão antes de apoio do MDB
BONITO - MS - NOVO SECRETÁRIO
Prefeito dá posse ao novo secretário de Meio Ambiente em Bonito (MS)
BONITO - MS - FERIADÃO MOVIMENTADO
Feriadão teve missa, romaria para Nossa Senhora e carreata 'BolsoRei' em Bonito (MS)