Menu
ITALÍNEA DOURADOS
quinta, 16 de agosto de 2018
KAGIVA
Busca

Ave vê o mundo mais colorido que suas penas

24 Jun 2011 - 14h30Por Revista Veja online

As aves enxergam muito mais cores que os seres humanos, mas sua plumagem não alcança a mesma variedade. É o que diz um estudo realizado pela Universidade de Cambridge, no Reino Unido, e publicado no jornal especializado Behavioral Ecology.

As aves desenvolveram ao longo de gerações a capacidade de ver tonalidades que o homem só pode imaginar. Suas retinas são sensíveis à radiação ultravioleta, que humanos não conseguem ver. Só que a evolução da plumagem, por mais bela que pareça ao olho humano, parece não ter acompanhado a mesma especialização: aves não têm penas com 'cores ultravioletas'.

"Nós não sabemos por que as cores da plumagem são limitadas a um subconjunto", afirma Mary Caswell Stoddard, coautora do trabalho. Segundo ela, isto pode indicar que uma plumagem tão colorida pode não ser vantajosa do ponto de vista evolutivo.

Mas não é possível dizer que as aves jamais exibirão uma vestimenta assim deslumbrante. "Pássaros podem produzir apenas entre 26 e 30 por cento de cores que são capazes de perceber", aponta Richard Prum, professor no Departamento de Ornitologia, Ecologia e Biologia Evolucionária em Cambridge. "Mas eles estiveram trabalhando duro ao longo de milhões de anos para superar estas limitações."

Cores são percepções visuais. Quando um feixe de luz chega ao olho, células especializadas se incumbem de converter a radiação em impulsos elétricos que serão levados ao cérebro. O que vai determinar se algo é azul ou vermelho é a frequência deste feixe de luz. Entre os animais, há diferenças entre a faixa de frequências ‘visíveis’: uns podem perceber frequências que outros não conseguem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - ATENÇÃO MÃES
Dia 'D' contra poliomielite e sarampo será neste sábado em Bonito (MS)
BONITO - MS - NAS ESTRADA VICINAIS
Agesul e prefeitura recuperam 120 Km de estradas vicinais em Bonito (MS)
BONITO - MS
Incêndio de grandes proporções destrói imóvel do Instituto Internacional Visão de Vida de Bonito
ELEIÇOES 2018 NO ESTADO
Renúncia de Chaves abre crise e tensão na campanha de Odilon
COMPORTAMENTO
Colégio Militar pula página com foto de gays para não falar de homossexualidade
CULTURA
Aniversário de 100 anos da Morada dos Baís terá concerto, espetáculo e memórias
ESPORTE
Lutador de MS é convocado para Mundial em outubro na Turquia
POLÍTICA
Com fim da hegemonia da TV, internet pode ser decisiva nestas eleições
POLÍTICA
TSE registra mais de 23 mil candidatos às eleições de outubro
MEIO AMBIENTE - JARDIM E BONITO
A condenação do rio da Prata, essencial para a biodiversidade em Jardim e Bonito (MS)