Menu
ASSOMASUL MAIO 2019
tera, 18 de junho de 2019
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Copa 2014

Avançam obras em estádios do Sul e do Centro-Oeste para 2014

2 Mar 2011 - 08h30Por Agência Brasil

A Arena da Baixada, em Curitiba (PR), e o Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), foram bem avaliados no relatório que será divulgado na quarta-feira (2) pelo Portal 2014. De acordo com o documento, o Internacional, clube responsável pelo Beira-Rio, deverá, ainda em março, concluir a instalação das 130 estacas que sustentarão a estrutura metálica da nova cobertura do estádio, e iniciar a reconstrução de parte das arquibancadas inferiores, demolidas em dezembro passado.

No entanto, há uma discordância entre a Federação Internacional de Futebol (Fifa) e o clube, no que se refere ao gramado do estádio. A Fifa pediu o rebaixamento do gramado para corrigir a curva de visibilidade do anel inferior. A proposta foi rejeitada pelo Internacional, que começou a demolir as arquibancadas do Beira-Rio em dezembro. Por esse motivo, o orçamento baixou de R$155 milhões para R$ 130 milhões.

A situação do estádio do Atlético Paranaense é tranquila em função da menor quantidade de reformas necessárias, se comparada a outros estádios. Ainda sem ter contratado uma construtora, o clube paranaense deve começar a obra em junho ou julho, conforme prevê o cronograma.

Orçada em R$ 130 milhões, a obra já conta com a aprovação, pelos vereadores da capital, de uma modificação na legislação local, tornando possível o repasse de cerca de R$ 90 milhões em títulos de potencial construtivo referentes ao terreno da arena.

Já o Estádio Nacional de Brasília, chamado até o ano passado de Estádio Mané Garrincha, ainda não teve definida a sua capacidade de público. A cidade pleiteia abrir ou encerrar o evento. Caso tenha sucesso nessa investida, poderá ampliar de 40 mil para 70 mil sua capacidade.

Atualmente a obra encontra-se em processo de demolição e de concretagem dos tubulões. O desmonte e a demolição mecânica das arquibancadas terminou em outubro e as obras de fundações foram concluídas no começo deste ano.

Por suspeitas de superfaturamento e de falta de garantias financeiras, a licitação para as obras ficou parada por quatro meses a pedido do Tribunal de Contas do Distrito Federal. De acordo com o Portal Copa 2014, esse é o segundo estádio mais caro da Copa, com orçamento de R$ 696 milhões. Em primeiro lugar está o Maracanã (R$ 705 milhões).

Em Cuiabá, a Arena Pantanal também teve problemas de contabilidade, mas as obras prosseguem apesar de, em novembro, o Tribunal de Contas do Estado ter suspendido os repasses do governo para o consórcio, devido a irregularidades no edital.

O novo estádio será erguido no terreno do Estádio Governador José Fragelli, cuja demolição começou em abril e foi concluída na primeira quinzena de julho passado. Com a fase de demolições concluída, a obra segue para as fundações.

A parte física da arena custará R$ 342 milhões. A esse valor serão acrescidos os custos da compra das cadeiras, do placar eletrônico, mobiliário e de equipamentos para transmissão de dados, que serão licitados posteriormente. Um financiamento de R$ 393 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a obra foi aprovado em 22 de setembro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - ESPORTE - FOTOS
Confira as FOTOS e Tabela da abertura do 3º Campeonato de Futsal e Copa Ouro em Bonito (MS)
BONITO - MS - FERIADÃO
Prefeitura terá ponto facultativo na próxima sexta-feira (21) em Bonito (MS)
BONITO - MS - TRABALHO LEGISLATIVO
Câmara aprova 7 Indicações e 5 Requerimentos durante sessão ordinária em Bonito (MS)
BONITO - MS - POLÍTICA
PSD de Bonito (MS) tem nova presidente, com aval de Nelsinho
EM FAZENDA NO MS
Peça escapa e mata funcionário que consertava veículos em fazenda no MS
BONITO - MS - #POLÍCIA
Homem quebra medida protetiva e é preso pela Polícia Militar em Bonito (MS)
200 NOVOS AGENTES
Governo vai chamar 200 novos agentes penitenciários aprovados em concurso
ESPAÇO SAÚDE
Você tem alergia? Os cuidados devem ser redobrados no inverno!
BONITO - MS - SAÚDE INFORMA
Bonitense morto por H1N1 trabalhava em Bela Vista, vítima não foi internada em Bonito
DOENÇA DO SÉCULO
Mais um PM é encontrado morto, amigos prestam últimas homenagens em Campo Grande