Menu
BANNER ANNA
quarta, 13 de novembro de 2019
Busca
ITALÍNEA DOURADOS
CONFUSÃO

Aqui em Bonito não tem autoridade pra impedir a gente: briga por propriedade termina na delegacia

A confusão aconteceu em um assentamento da cidade

9 Out 2019 - 10h21Por Anna Gomes/Bonito Informa

Uma briga entre três irmãos terminou na delegacia nesta noite de terça-feira (8), em Bonito. Uma propriedade no assentamento Guaicurus teria sido o motivo de toda confusão.

Conforme o boletim de ocorrência, um homem de 58 anos procurou a delegacia alegando que na noite de ontem ele foi empurrado e sua mulher teria sido xingada pelos suspeitos, de 33 e 42 anos.

Ainda segundo o registro policial os dois supostos autores e o homem que procurou a delegacia seriam irmãos. A vítima contou que os suspeitos querem que ele deixe a propriedade que reside e a dupla ainda teria feito ameaças dizendo: “Pode ir na polícia, no juiz, aqui em Bonito não tem autoridade competente para impedir a gente. Nós vamos tirar vocês daqui a qualquer preço, não interessa onde vão morar, aqui vocês não vão ficar”.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Bonito.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - LEGISLATIVO PRESENTE
Vereadores destacam e participam de entrega das 100 Casas casas do Residencial Rio Bonito I
Convocação
Clube do Laço Nabileque de Bonito publica edital de convocação para seus associados
BONITO - MS - TRABALHO LEGISLATIVO
Confira o que foi apresentado e aprovado durante sessão ordinária da Câmara de Bonito (MS)
COVARDIA
Idosos são agredidos e ameaçados de morte pelo filho, em Guia Lopes da Laguna
FURTO
Em plena luz do dia mulher tem casa furtada em Bonito
SORTEIO
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 6,5 milhões nesta quarta
Organização criminosa
Polícia prende cadeirante que comandava quadrilha formada por menores
CALOR
Quarta-feira promete ser quente e com possibilidade de chuva, em Bonito (MS)
BONITO - MS - TÁ NA CONTA
Prefeitura efetua o pagamento da primeira parcela do 13º salário em Bonito (MS)
CPI INSTAURADA CONTRA ENERGISA
Instaurada na Assembleia, CPI que vai investigar aumento na energia elétrica em MS