Menu
KAGIVA
quarta, 14 de novembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
Brasil - Lula

Após radioterapia, Lula recebe visita de Haddad no hospital

5 Jan 2012 - 13h46Por Folha Online

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou por volta das 13h desta quinta-feira (5) o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, após fazer a segunda sessão de radioterapia. Ele trata um câncer na laringe, diagnosticado em outubro.

Após a radioterapia, Lula foi avaliado por um fonoaudiólogo e um dentista. Em até sete semanas, ele deverá receber entre 30 e 35 sessões, que acontecerão de segunda à sexta-feira. Ele não deve ficar internado durante o período.

No hospital, ele recebeu a visita do ministro Fernando Haddad (Educação), pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, nome indicado e defendido por Lula.

Como ontem, Lula utilizou uma porta lateral para sua entrada e saída do hospital para evitar os jornalistas.

A radioterapia pode ser a fase final de seu tratamento contra a doença. A cirurgia está descartada pelos médicos.

Antes de ir ao hospital, Lula foi ao velório, em São Bernardo do Campo, do padre Avelino Carlos de Carli, que morreu ontem aos 83 anos. O padre apoiou os movimentos grevistas do grande ABC na década de 1980.

O presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, disse hoje que o tratamento foi programado para que o ex-presidente desfile na escola de samba Gaviões da Fiel, que o homenageará no Carnaval deste ano.

Ele afirmou que Lula não tem atividades programadas pelas próximas semanas. No entanto, disse que ele deverá despachar alguns dias na sede do instituto, no bairro do Ipiranga (zona sul), dependendo dos efeitos da radioterapia.

Na quarta-feira, Lula ficou no hospital por seis horas porque recebeu uma dose de quimioterápicos.

O medicamento, que será aplicado uma vez por semana, tem a função de potencializar o efeito da radioterapia.

Em dezembro, o ex-presidente encerrou o ciclo da quimioterapia principal.

Desde o início do tratamento em outubro, o tumor na laringe, que tinha três centímetros de diâmetro, teve uma redução de 75%, de acordo com os médicos.

Com vista nas eleições municipais deste ano, Lula pretende retornar às atividades políticas em março.

Okamotto afirmou Lula tem trabalhado com uma fonoaudióloga para evitar o uso de uma sonda alimentar.

No período do tratamento, o ex-presidente virá todos os dias de sua casa em São Bernardo do Campo, que fica distante 22 quilômetros do hospital.

O diagnóstico da doença foi feito em outubro passado, após o ex-presidente ter reclamado de rouquidão por algumas semanas. Dias antes, ele tinha comemorado 66 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVENO DO MS
A pedido de Reinaldo, recuperação da principal ferrovia de MS será prioridade de Bolsonaro
CIDADES
Operação contra tráfico de drogas em escolas prende cinco em MS
GERAL
Detran-MS retoma atendimento ao público através do Call Center
EDUCAÇÃO
Abertas as inscrições para o Curso Normal Médio Intercultural Indígena Povos do Pantanal
BONITO - MS - PONTO FACULTATIVO
Prefeitura terá ponto facultativo nesta sexta-feira (16) em Bonito (MS)
CIDADES
Após 10 anos, mulher ganha direito de ter sobrenome de 2 mães já falecidas
ALERTA
Imunização contra febre amarela deve ser feita de forma antecipada
OPERAÇÕES DA PF NO ESTADO
De quarta a domingo, PRF reforça fiscalização nas rodovias do Estado
EDUCAÇÃO
MS terá Centro Nacional de Mídias para implantação do Novo Ensino Médio
CIDADES
Vencedores do XIII Prêmio de Gestão Pública serão conhecidos no dia 19