Menu
KAGIVA
sbado, 17 de novembro de 2018
ITALÍNEA DOURADOS
Busca

Após confirmação de febre aftosa, presidente paraguaio declara estado de emergência

19 Set 2011 - 15h28Por Evelin Araujo / Midiamax

A confirmação de que 13 cabeças de gado estavam infectadas por febre aftosa neste domingo (18)  fez com que o presidente paraguaio, Fernando Lugo, decretasse estado de emergência na região de Sargento Loma, distrito de San Pedro. 

Técnicos estimam que o bloqueio deva durar por 60 dias, mesmo tempo em que o  país deixará de exportar carne bovina. 
 
Cerca de 800 animais serão sacrificados para evitar que o vírus se propague para outras localidades. Com a paralisação, estima-se que cerca de US$ 300 milhões sejam perdidos e que vários frigoríficos fechem as portas temporariamente. 
 
Após este processo, a esperança do Paraguai é que a Organização Internacional de Saúde Animal restabeleça o status do país para que sejam retomadas as exportações. (Com informações do site ABC Digital - Paraguai). 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALCOOLISMO
Em MS, jovem de 21 anos passa horas consumindo bebida alcoólica e morre
BONITO - MS - ACADEMIA AO AR LIVRE
Já licitada, Prefeitura vai instalar duas novas academias ao ar livre em Bonito (MS)
CAMPO GRANDE - MUITA CHUVA
Chuva forte deixa trechos alagados e trânsito tumultuado em Campo Grande
BONITO - MS - NOVO COORDENADOR
Odilson nomeia novo coordenador da Defesa Civil de Bonito (MS)
BONITO - MS - REINAUGURAÇÃO
OKA Pisos e Acabamentos reinaugura hoje às 19h, OKA de cara nova em BONITO (MS)
BONITO - MS - REVITALIZAÇÃO
Prefeitura revitaliza iluminação da Praça da Liberdade e do CMU em Bonito (MS)
A FAZENDA 10
A Fazenda 10: Rafael Ilha chora ajoelhado na frente das vacas, entenda o que aconteceu
FORA DA POLÍTICA
Procurador, Sérgio Harfouche nega candidatura e confirma desfiliação da política
NOVA NOVELA DA GLOBO
Ela viu o noivo usar a própria festa para se casar com outra, em nova novela da Globo
GOVERNADOR DO MS EM BRASÍLIA
Carta de governadores a Bolsonaro tem 4 propostas apresentadas por Reinaldo