Menu
KAGIVA
sbado, 19 de janeiro de 2019
ITALÍNEA DOURADOS
Busca
UNIPAR_PC

Após 49 anos, Santos e Peñarol voltam a decidir a Libertadores

3 Jun 2011 - 11h57Por Folha.com

O adversário do Santos na final da Taça Libertadores será o Peñarol que mesmo derrotado pelo Vélez Sarsfield por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, no estádio José Amalfitani, na Argentina, garantiu a vaga por ter vencido o primeiro jogo da semifinal por 1 a 0, em casa.

A primeira partida da final será disputada no Uruguai no dia 15 de junho. O jogo de volta será na cidade de São Paulo no dia 22. O Santos já informou que tem preferência pelo Morumbi, mas ainda não oficializou o local do jogo.

Os dois times decidiram a Libertadores de 1962, quando o Santos conquistou seu primeiro título e o Peñarol perdeu a chance de conquistar sua terceira taça consecutiva. Agora, o time uruguaio vai disputar sua décima decisão. Foi campeão em cinco oportunidades e vice em outras quatro. A última vez que chegou a final em 1987.

Já o Vélez despediçou a chance de disputar sua segunda final. O clube argentino foi campeão em 1994, numa decisão contra o São Paulo, no Morumbi.

O primeiro tempo, que teve o Peñarol melhor, terminou empatado. Mier marcou aos 33min para o time uruguaio e Tobio empatou, aos 44min. Na etapa final, o Vélez foi melhor e virou com Santiago Silva, ex-Corinthians, aos 22min.

O Vélez ainda teve um jogador expulso, Ortiz, aos 24min do segundo tempo e um pênalti perdido por Santiago Silva, aos 30min da etapa final.

O JOGO

Apesar da igualdade no primeiro tempo, o Peñarol foi melhor. O time uruguaio soube trabalhar a bola e criar jogadas perigosas no campo de ataque, principalmente com o atacante Martinuccio, que interessa ao Palmeiras.

O clube chegou com perigo logo aos 2min. Darío Rodríguez lançou Martinuccio, que ficou de frente com o goleiro Barovero, mas bateu sem força e o camisa 1 defendeu. Depois, o Peñarol seguiu dominando, mas só abriu o placar aos 33min.

O tento aconteceu após erro do Vélez na saída para o ataque. O Peñarol retomou a bola com Oliveira, que tocou para Martinuccio. Ele avançou pelo meio e lançou para Mier, do lado esquerdo, que bateu cruzado no gol. No minuto seguinte, quase Oliveira marcou o segundo. Depois, o Peñarol recuou.

O Vélez, que até então estava errando muitos passes, melhorou seu posicionamento e pressionou durante os últimos dez minutos. Santiago Silva, ex-Corinthians, perdeu muitas chances. Aos 41min, teve um gol legal, marcado por Juan Martínez, anulado por impedimento. Quando o primeiro tempo parecia perdido, Tobio conseguiu empatar, aos 45min, aproveitando rebote do goleiro Sosa na pequena área.

O Vélez voltou para o segundo tempo pressionando e o Peñarol teve dificuldade para jogar. Foi atacar pela primeira vez com 21min, quando Oliveira perdeu um ótimo contra-ataque para a equipe uruguaia.

No lance seguinte, o Vélez virou o jogo com Santiago Silva. O lance começou com Papa. Ele levantou na área e Juan Martínez ajeitou com o peito para Santiago Silva, que chutou com força no gol.

O Vélez ainda perdeu o zagueiro Ortiz expulso com o segundo cartão amarelo logo em seguida. Ele fez falta dura em Martinuccio e saiu mais cedo do jogo. Mesmo com um a menos, o Vélez teve a chance de se classificar em um pênalti, aos 29min. Santiago Silva cobrou, mas escorregou no momento do chute e mandou a bola por cima do gol.

Mesmo derrotado, o Peñarol se classificou para a decisão da Libertadores, quebrando um jejum de 24 anos. A última final foi em 1987.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTAS SUBIRAM ALÉM DA CONTA
Procon/MS notifica Energisa por altas abusivas na conta de energia
PREVISÃO DO TEMPO
Defesa Civil emitiu alerta sobre chuvas intensas para este sábado e domingo em todo MS
SITUAÇÃO CONTURBADA
Datena é acusado de assédio sexual por ex-repórter da Band
NA CAPITAL DO ESTADO
Homem de 60 anos atira na ex e se joga de cachoeira em Campo Grande
RAIOS E TEMPORAL
Tempo vira e raio atinge residência de vereador e causa prejuízos em cidade do MS
BONITO - MS - AÇÃO DA POLÍCIA MILITAR
Abordagem rende duas prisões, uma com mandato e outra de bebida alcoólica a menor em Bonito (MS)
BONITO - MS - MARIA DA PENHA
Mais uma ocorrência de violência doméstica é registrada e armas de fogo apreendida em Bonito (MS)
BONITO - MS - LUTO
Bonito (MS) perde a 'lenda viva' Felipe Barbeiro, familiares pedem orações
POLÍCIA
Carreta com 4,6 toneladas de maconha que saiu de MS é apreendida em SP
VEM MAIS POR AÍ
Com calor de 39ºC, MS tem duas cidades na lista das mais quentes do país